Cidadeverde.com
Entretenimento

Reinaldo, o príncipe do pagode, morre aos 65 anos

Imprimir

Foto: Instagram/ReinaldoPagode


O cantor Reinaldo Gonçalves Zacarias, conhecido como o príncipe do pagode, morreu na madrugada desta segunda-feira (18), aos 65 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. 

Ele tratava um câncer no pulmão havia cerca de quatro anos, mas mantinha a sua agenda de shows. O músico faria um show, neste domingo (17), num bar na Vila Madalena.

Nascido na capital fluminense, Reinaldo trabalhou como bancário até o início da década de 1980, mas largou a profissão para se dedicar ao pagode e acabou por ser um dos maiores divulgadores do gênero em São Paulo. Entre seus sucessos estão "Retrato Cantado de um Amor", "Trapaças do Amor" e "Sonhos".

Ele fez apresentações e gravou discos com Zeca Pagodinho,  Almir Guineto, Fundo de Quintal e Beth Carvalho. A canção "Me Perdoa Poeta", interpretada por Leci Brandão, é uma parceria de ambos.

Nas redes sociais, artistas lamentaram a sua morte. "Obrigado Príncipe por tudo que você sempre fez pelo nosso samba!!! Descanse em paz", escreveu Dudu Nobre.

Arlindinho, filho do cantor Arlindo Cruz, também se manifestou. "LUTO! Estaríamos juntos no final desse mês em Belém. Ainda sem acreditar, mas não vou sofrer pois sei que descansou em paz! EU TE AMO meu ídolo, descanse em paz!", disse o artista.

O cantor deixa uma filha e uma neta. O enterro acontece no cemitério Bela Vista, em Osasco, a partir das 17h, e será aberto ao público. 


Fonte: Folhapress

Imprimir