Cidadeverde.com
Esporte

Em despedida da torcida, Vasco empata com a Chapecoense em Maracanã lotado

Imprimir

Foto: Márcio Cunha/ACF

 

Em um Maracanã lotado, o Vasco recebeu a Chapecoense, neste domingo (8), pela 38° rodada do Campeonato Brasileiro, e ficou no empate por 1 a 1, com gols de Yago Pikachu, de pênalti, a favor dos donos da casa, e Vinicius Locatelli, nos acréscimos, para os visitantes.

O resultado de 1 a 1 não mudou a posição na tabela de nenhum dos dois times, já que os dois times já estavam com a "missão" cumprida nesta edição do Brasileirão.

Já a Chapecoense voltará a jogar a Série B do Campeonato Brasileiro, algo que o torcedor do time catarinense não estava acostumado nos últimos anos.

Envolvido com o ritmo da torcida, o Vasco começou a partida com tudo e quase abriu o placar com apenas vinte segundos de jogo, quando Rossi cruzou pela direita e Marrony cabeceou com perigo, sobre o gol defendido por João Ricardo. Após o lance em questão, a partida ficou mais truncada, com a Chapecoense marcando forte e fechando bem as opções de ataque dos donos da casa pelo meio-campo.

A falta de criatividade e potência ofensiva dos visitantes fez com que o jogo ficasse totalmente na mão do Vasco, que tinha como maior dificuldade chegar na área do goleiro da Chapecoense.

Aos 41 minutos, os donos da casa tiveram a melhor chance de toda a primeira etapa: Rossi, um dos melhores em campo, cruzou para trás e Fellipe Bastos bateu forte, tendo o azar do chute ser bloqueado pela defesa catarinense.

No segundo tempo, o cruz-maltino voltou intenso e teve algumas boas chances de abrir o placar, mas a falta de pontaria dificultava os donos da casa.

Curiosamente, mesmo com todas essas chances do Vasco, quem teve a grande oportunidade foi a Chapecoense, quando Camilo bateu forte, a bola desviou na zaga e acertou na trave de Sidão, que entrou no lugar de Fernando Miguel.

A situação mudou aos 35 minutos, quando o árbitro marcou pênalti a favor do Vasco, convertido por Yago Pikachu. Depois, Vinicius Locatelli marcou a favor dos visitante, quando o jogador aproveitou o cruzamento e estufou as redes de Sidão, nos acréscimos do jogo.

VASCO
Fernando Miguel (Sidão); Yago Pikachu; Henriquez, Castan e Henrique; Fellipe Bastos (Marcos Júnior), Raul e Guarin; Rossi, Ribamar (Gabriel Pec) e Marrony. Técnico: Vanderlei Luxemburgo
CHAPECOENSE
João Ricardo; Eduardo, Douglas, Maurício Ramos e Caique; Márcio Araújo, Tharlis (Vinicius Locatelli), Elicarlos e Camilo; Roberto e Arthur (Dalberto). Técnico: Edson
FICHA TÉCNICA
VASCO 1 x 1 CHAPECOENSE
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Rafael da Silva Alves (RS)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: Henrique e Yago Pikachu(Vasco); Caique, Maurício Ramos e Elicarlos (Chapecoense)
Gol: Yago Pikachu (VAS), aos 38 do segundo tempo, e Vinicius Locatelli (CHA), aos 47 do segundo tempo.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir