Cidadeverde.com
Últimas

Comércio inicia horário estendido e Centro tem esquema de segurança

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com 

 

Neste sábado (14) inicia o horário estendido no comércio do Centro de Teresina e as lojas fecharão apenas 18h. O objetivo é incrementar as vendas na data mais aguardada por lojistas: o Natal. 

Além de hoje, no próximo sábado, 21 de dezembro,  e nos domingos dos dias 15 e 22, as lojas também funcionarão das 8h às 18h. Com as mudanças o comércio espera, em 2019, que possa ser registrado um incremento de 5% nas vendas, em relação ao mesmo período do ano passado.  A expectativa é do presidente do Sindicato dos Lojistas do comércio do Estado do Piauí (Sindilojas/PI), Tertulino Passos. 

Durante o período natalino, a tendência é que o Centro receba  um maior número de compradores. Para garantir a segurança, a Polícia Militar em parceria com a Prefeitura de Teresina, tem esquema especial de segurança.

“A segurança no Centro está sendo bem realizada onde temos um reforço bastante significativo no policiamento. São mais de 150 policiais na região com o intuito de dar ainda mais segurança para que consumidores possam passear e realizar suas compras. Em todos lugares temos a presença de homens da Polícia Militar e da Guarda Municipal. Já os bairros como Mocambinho, Dirceu e Parque Piauí, que são considerados grandes centros comerciais, também tiveram o policiamento reforçado. Por isso, é interessante que todos os consumidores possam vir, constar e realizar as suas compras com toda a segurança”, disse Tertulino Passos

Com a liberação de parte do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), e o recebimento do 13º Salario, as compras devem atingir importantes índices para comércio piauiense. Em 2019, a expectativa do Sindicato dos Lojistas do comércio do Estado do Piauí (Sindilojas/PI) é que possa ser registrado um incremento de 5% nas vendas, em relação ao mesmo período do ano passado. 

Tertulino Passos, presidente do Sindilojas/PI, destaca que a liberação dos benefícios representa um mecanismo fundamental para o crescimento das vendas. “Com o benefício as pessoas passam a ter um maior poder de compra, o que vem por consequência contribuir para o aumento das vendas. Assim, os lojistas convidam os consumidores a comparecer as lojas do centro e bairros para efetuar suas compras, onde teremos estoque de produtos diversificados e descontos especiais tudo isso pensando em nossos clientes”, afirmou o presidente.

 


Com informações do SIndilojas 
[email protected] 

Imprimir