Cidadeverde.com
Viver Bem

Como melhorar a qualidade do sono quando se tem refluxo?

Imprimir

Foto: Pixabay 
 

Uma pesquisa realizada pela GFK revelou que quase 30% dos brasileiros podem ter a doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). Esse número cresce para quase 50%, quando considera todas as pessoas que indicaram ter sintomas da doença.

A consultora do sono, Renata Federighi, traz algumas dicas de como melhorar a qualidade do sono de quem sofre com o refluxo frequentemente. “Alguns sintomas da doença tendem a piorar ao deitar, como, por exemplo, a sensação de asfixia causada quando o ácido atinge a garganta. Isso faz com que a pessoa acorde durante a noite ou cause uma sequência de pequenos despertares, fragmentando o repouso e diminuindo a sua qualidade”, explica.

Então, como melhorar a noite de sono quando se tem refluxo?

Apesar desses sintomas atrapalharem as noites de sono, existem algumas maneiras de amenizá-los. Mudar o estilo de vida e o comportamento diário podem ajudar a reduzir refluxo na hora de dormir.

Cuidado com a alimentação

Alguns alimentos e bebidas podem acentuar a incidência de refluxo. Diminuir o consumo desses produtos é um excelente modo de evitar os sintomas desse problema. Entre eles estão: gorduras e frituras, café, chocolate, bebidas alcoólicas, carboidratos, pimenta e gaseificados. Alguns desses alimentos tem um tempo de digestão maior, aumentam a acidez do estômago e favorecem que o aparecimento dos sintomas durante a noite.

Não deite após comer

Ir para a cama logo depois de comer pode causar refluxo. O ideal é finalizar as refeições de duas a três horas antes de dormir. “Ao deitar, fazemos pressão dentro do abdômen e estômago, o que faz aumentar as chances do suco gástrico voltar para o esôfago. Durante a espera, busque realizar atividades relaxantes”, explica a especialista.   

A posição na hora de dormir

Deitar virado para o lado esquerdo é uma forma de reduzir os sintomas de refluxo. “Essa é a posição mais indicada na hora de dormir. Os benefícios são muitos, desde facilitar o processo de digestão até melhorar a circulação sanguínea”, comenta Renata. Para tanto, é imprescindível a utilização de um travesseiro em altura e suporte adequados para esse posição. Ele deve preencher completamente o espaço existente entre a cabeça e o colchão, deixando pescoço e coluna alinhados e as vias respiratórias livres.

A especialista explica que devido o pâncreas e o estômago ficarem do lado esquerdo, esta é a melhor maneira de canalizar os sucos gástricos. “Outra vantagem é que as enzimas pancreáticas são secretadas mais facilmente. Deitar desse modo evita o refluxo, dores no estômago e cansaço ao levantar”, completa.

Use uma almofada antirefluxo

Usada sob o tronco, o Antirefluxo pode amenizar os incômodos do refluxo. “O seu formato triangular mantém o corpo levemente inclinado durante toda a noite, reduzindo as chances do ácido ou do suco gástrico regressarem para o esôfago”, explica Renata.

Da Redação
[email protected]

Imprimir