Cidadeverde.com
Política

Firmino anuncia nome novo e diz que disputa em 2020 será contra o Karnak

Imprimir

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, anunciou uma longa lista de possíveis nomes que podem disputar sua sucessão ao Palácio da Cidade em 2020. Além dos já conhecidos (Fernando Said, Marco Antônio Aires, Evandro Hidd, Charles da Silveira, Sílvio Mendes, Luciano Nunes, Francisco Canindé, Washington Bonfim, Kleber Montezuma e Samuel Silveira) entrou na caderneta do tucano, o nome da presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira. A escolha, segundo Firmino, não sairá da sua cota pessoal de amigos.

"Não vai ser uma escolha do bolso do prefeito e nem vai ser uma escolha baseada na amizade do prefeito, no relacionamento pessoal. Pelo contrário, vai ser uma escolha bastante objetiva baseada na análise do quadro colocado pela população. Ao final desse processo é que a gente vai se posicionar”, declarou em entrevista à TV Cidade Verde.

Batido o martelo, o que deve acontecer só em março, Firmino destaca que o nome escolhido vai enfrentar o candidato do Palácio de Karnak.

“Temos uma perspectiva que vamos enfrentar o Palácio de Karnak. Vamos enfrentar o candidato do governador Wellington Dias, independente de quem seja o nome e de que partido esteja”, disse Firmino.

Segundo ele, o governador Wellington Dias tem dificuldade em colocar o seu candidato a prefeito de Teresina dentro do seu partido, o PT. “Eventualmente ele poderá colocar seu candidato em outra sigla, de partido aliado”, avalia.

Foto: Reprodução/TV Cidade Verde

Ainda de acordo com Firmino, seja quem for o nome da oposição nas eleições 2020, o debate vai se polarizar entre a administração tucana em Teresina e a petista no estado.

“Independente das aparências das candidaturas, o grande debate no ano que vem será a comparação entre o modelo que é gerado a partir de Teresina contra o modelo que é gerado pelo Palácio de Karnak”, afirmou.

Hérlon Moraes
[email protected]

 

Imprimir