Cidadeverde.com
Geral

Cabo da PM é suspeito de atirar na ex-namorada no Três Andares

Imprimir

Atualizada às 13h40.

Suspeito de atirar contra uma mulher na noite dessa segunda-feira (30) em um bar em Teresina o cabo da Polícia Militar identificado apenas como Zilmar ainda não se apresentou à polícia. Em entrevista ao Jornal do Piauí, o capitão do 1° Batalhão da PM, onde o cabo é lotado, informou que conversou com a vítima que teria relatado que disparo ocorreu após uma discussão.

“Ela me disse que os dois tinham bebido alcoólica e em determinado momento teve uma discussão que teve esse desfecho. Agora também não se sabe precisar como é que se deu. Foi um momento muito rápido. Após o disparo da arma de fogo ele saiu imediatamente”, contou o capitão João Luís.

A mulher foi atingida com um disparo na coxa. A bala ficou alojada e a vítima teve que ser submetida a uma cirurgia. Segundo a polícia, ela está em estado estável no Hospital de Urgência de Teresina. 

De acordo com o capitão do Batalhão, Zilmar participa de um grupo especial da polícia e tem um bom comportamento. “Aqui no quartel é um bom policial, nunca deu trabalho. É um policial que é de 2000, tem 19 anos de polícia”, disse o PM. 

MATÉRIA ORIGINAL

Uma mulher foi atingida por um disparo de arma de fogo dentro da própria residência no bairro Três Andares, zona Sul de Teresina. O caso ocorreu na noite de segunda (30) e o principal suspeito de ser autor do tiro é um cabo da Polícia Militar, que seria namorado da vítima.

O 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM) confirmou que a vítima foi identificada como Jocilene da Silva Santos e o militar como cabo Zilmar, da Força Tática do 1º BPM. O cabo, até às 7h10 desta terça (31), é considerado foragido. 

A vítima foi socorrida e levada ao Hospital de Urgência de Teresina. O HUT informou que ela está em observação e passa bem.

O plantão do 1º BPM relatou ao Cidadeverde.com que o casal estava discutindo quando ocorreu o disparo. "Eles estavam em um quarto da residência dela, quando houve essa discussão quando houve esse desfecho do disparo. Ela é namorada do policial. O tiro pegou na virilha, e ela foi levada consciente ao HUT", informou. 

 

?Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir