Cidadeverde.com
Geral

Delegado identifica suspeito de estuprar pelo menos 10 adolescentes

Imprimir

Foto: Roberta Aline

Atualizada às 9h54

O delegado Odilo Sena, titular do 21º Distrito Policial, confirmou nesta terça-feira (07) que já identificou o suspeito de praticar violência sexual e psicológica contra pelo menos 10 adolescentes em Teresina.

"Já temos o nome, sabemos onde ele mora e estamos monitorando. A qualquer momento ele será preso", disse o delegado.

A polícia tomou conhecimento do crime após denúncias de mães. O suspeito praticava os estupros virtuais usando celulares roubados. Ele enganava as adolescentes, enviada fotos nu e mostrando as partes íntimas. 

Segundo o delegado, os pais estão em choque com a atuação do criminoso.

O delegado tem percorrido escolas dando palestras e esclarecendo de como os estudantes podem evitar o crime.

As investigações apontaram que as vítimas são crianças, adolescentes e duas adultas e a maior parte delas estudava na mesma escola na zona Sudeste de Teresina. 

"Ele iniciava uma conversa pelo WhatsApp usando nome de outra pessoa. Logo pedia fotos íntimas e algumas caíam e enviavam. Quem não mandava, esse elemento ameaçava de morte, dizia que ia matá-las, sabia quem era a mãe e a rotina dessas meninas", disse o delegado. 

Os perfis usados pelo suspeito teriam sido obtidos em aparelhos celulares furtados ou roubados. 

"Ele usava a foto e os dados dessa pessoa que teve o celular furtado para entrar em contato com as vítimas", reitera. 

As vítimas tinham fotos vazadas pelo Whatspp, o que de acordo com o delegado se configura crime previsto no Estatuto da Criança e Adolescente (ECA). 

"Estamos investigando também se ele tinha como objetivo vender esse material. Ele teria cometido esse crime em Teresina e cinco estados", reitera Sena.

 

 

Flash Yala Sena e Graciane Sousa
[email protected]

 

Imprimir