Cidadeverde.com
Viver Bem

Rinite alérgica requer cuidados especiais para lidar com o problema

Imprimir

Foto: Pixabay/fotos gratis

O número de pessoas no mundo com algum tipo de alergia aumentou 20% nos últimos 30 anos. A estimativa é da Organização Mundial de Saúde (OMS). Entre os problemas, a rinite alérgica apresenta a maior prevalência e, por isso, merece atenção especial.

A poluição, por exemplo, está entre os fatores que provocam os sintomas, como a congestão nasal e espirros frequentes. A genética também tem grande influência para o surgimento da doença.

Em alguns casos, a cura não é possível. Entretanto, é possível lidar com o problema, eliminando assim as consequências. 

Cuidados necessários

Para evitar a rinite alérgica, alguns cuidados são necessários. Além de prejudicial para a saúde, o cigarro, por exemplo, é um dos fatores responsáveis.

O cuidado com o ambiente também é muito necessário. Afinal, fungos e ácaros causam problemas respiratórios. Por isso, é recomendado manter a casa sem em ordem, evitando o acumulo de poeira.

Tratamento

Procurar um médico é sempre a melhor escolha para identificar o melhor tratamento. Além da vacinação, às vezes é recomendado o uso de medicamentos, além de algumas mudanças nos hábitos para evitar as crises.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir