Cidadeverde.com
Política

Vereadores fecham com PSL e esperam aval de Firmino

Imprimir

O grupo de seis vereadores que estavam sem partido bateram o martelo com relação ao futuro político. O partido irá se dividir entre o PSL e o Progressistas.

O vereador Nilson Cavalcante explica que os parlamentares esperam apenas uma conversa definitiva com o prefeito Firmino Filho (PSDB). O tucano estava de viagem de férias e retornou ontem, porém, segue para Brasília e só falará com os aliados na quinta-feira(16).

"Definido que vamos para o PSL. Além dos que já estão lá como a Teresinha Medeiros e o Luís André vai eu, Zé Filho, Pedro Fernandes e mais outros suplentes. Nosso grupo conversou com o vice-presidente nacional que mostrou um projeto e entendemos que é o melhor caminho para nosso grupo. Com certeza teremos um maior tempo de televisão com uma boa estrutura", declarou.

O grupo espera fazer pelo menos três parlamentares na Câmara.

"Trabalhamos com a expectativa que com o grupo que temos hoje fazermos três vereadores. E consequência do trabalho e esperamos conseguir a quarta vaga", afirmou.

Os vereadores Neto do Angelim e Gustavo de Carvalho devem seguir para o Progressistas.

"Éramos sete vereadores. Com o grupo, o suplente tem dificuldade e por isso começamos a estratégia e alguns vão para o Progressistas também", explica.

 

Flash de Lídia Brito
[email protected]

Imprimir