Cidadeverde.com
Esporte

Com time jovem, Botafogo é dominado e perde para Volta Redonda na estreia

Imprimir

O Botafogo decidiu utilizar um time repleto de jovens nas duas primeiras rodadas do Campeonato Carioca para fazer uma pré-temporada mais longa. Contra o Volta Redonda, na estreia de 2020, o Alvinegro foi dominado e perdeu por 1 a 0 neste sábado (18), no Raulino de Oliveira. Raúl marcou o gol da vitória já no segundo tempo.

Foto: Divulgação/Volta Redonda

Ainda com um time repleto de jovens, o Botafogo volta a campo na terça-feira, quando visitará o Madureira, em Conselheiro Galvão. Os titulares farão a estreia contra o Macaé, na 3ª rodada do Carioca, no Nilton Santos.

Após não conseguir furar a defesa com toques e infiltrações, o Botafogo apostou ainda mais em bolas longas. Principalmente para Igor Cássio e Vinicius Tanque. O problema é que as jogadas eram facilmente neutralizadas pelos donos da casa, que passaram a ficar com a posse e oferecer perigo.

A partir da metade do primeiro tempo, o jogo ficou nas mãos do Volta Redonda, que passou a finalizar sempre que tinha a oportunidade. Os primeiros chutes, no entanto, saíram tortos e evitaram que Diego Cavalieri tivesse muito trabalho.

Os donos da casa voltaram para o segundo tempo ainda mais determinados a abrir o placar. E o gol saiu aos 7min, mas o lance foi anulado de maneira polêmica. É que Bernardo estava em posição duvidosa e viu o impedimento ser assinalado.

O Botafogo não conseguiu repetir a estratégia de ficar com a bola e viu o Volta redonda dominas as ações. Após o gol anulado, os donos da casa carimbaram a trave de Cavalieri. Pedrinho aproveitou cruzamento de Marcelo e viu a bola explodir no poste.

A pressão ficou insustentável. Gol anulado, bola na trave e...Gol. Marcelo cresceu de produção e deu bela enfiada para Pedrinho, em posição legal. O domínio não foi legal, mas a bola sobrou para Saulo marcar em um de seus primeiros toques de bola para o Volta Redonda.

Em desvantagem, o Botafogo realizou mudanças na equipe. Ênio entrou na vaga de Caio Alexandre. Em seguida, Rafael Navarro entrou no lugar de Lucas Campos, deixando o time com três centroavantes - Vinicius Tanque e Igor Cássio. De nada adiantou. O Alvinegro seguiu sem criar uma jogada sequer.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir