Cidadeverde.com
Geral

Bebê, que teria sido vendido por R$ 10, foi para abrigo com mais dois irmãos

Imprimir

O bebê, que teria sido vendido pela mãe por R$ 10, foi encaminhado para o abrigo Reencontro, no bairro Morada do Sol, zona Leste de Teresina. 

No abrigo já se encontra mais dois irmãos do bebê, que foram levados para lá após suposto abandono da mãe. O Conselho Tutelar acompanha o caso e faz levantamento sobre a situação da família. A mãe - Elen Solange Alves dos Santos, 36 anos - responde a dois procedimentos por abandono de incapaz. Ela tem oito filhos.

Foto: Yala Sena

O conselheiro Frederico Kaiser, do 5º Conselho, informou ao portal Cidadeverde.com que por questão de segurança o bebê foi levado para o abrigo.

"Não há nenhuma condição para a criança ficar com a mãe, que já tem histórico de abandono", disse o conselheiro.

Antes de chegar a filha de três meses de Elen, o abrigo estava acolhendo dois filhos dela, um de três anos e outro de seis anos. Ontem, a mãe prestou depoimento na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente e foi liberada.

Ela confirma que deu a criança e nega que vendeu por R$ 10. O casal também foi ouvido.

O casal informou ao delegado Antônio Barbosa que foi procurada pela mãe com a filha nos braços informando que queria deixar o bebê com eles.

"O casal informou que a criança estava só de fralda, era noite e em dia chuvoso. O bebê estava mijado, sujo de coco, e bastante inquieto. Eles disseram que ficaram com a criança para ajudar o bebê, mas que procuraram a avó e ela disse que não tinha condições de ficar com ele", informou Frederico Kaiser.

O Conselho Tutelar vai fazer um levantamento da situação da família e encaminhar para o juizado. Os irmãos da criança tentaram ontem evitar que o bebê fosse para abrigo. Uma irmã, de 17 anos, que é casada se colocou à disposição para ficar com a irmã. 

 

Flash Yala Sena
[email protected] 

Imprimir