Cidadeverde.com
Geral

Padrasto é quase linchado sob suspeita de estuprar enteada de 8 anos

Imprimir

Foto: Divulgação PMPI

Um homem, identificado como Carlos Antônio, suspeito de estuprar a enteada de oito anos, foi espancado por populares na noite desta terça-feira (05), após cometer o ato. O caso aconteceu no bairro Matadouro, zona Norte de Teresina. 

De acordo com informações do 9º Batalhão, a mãe sentiu falta da criança em casa e ao procurá-la encontrou com o padrasto. 

“A mãe relata que ele disse que não era para dizer nada, prometendo uma bicicleta. Então a mãe pediu ajuda da irmã, que percebeu a genitália da sobrinha vermelha. Ai menina teria confessado”, informou a capitã Jaqueline Barbosa.   

A polícia foi acionada para ocorrência e encaminhou a vítima à Central de Flagrantes e depois encaminhada para o Serviço de Atendimento Vítima de Violência Sexual (Sanvvis). 

O suspeito teria fugido e escondido numa lagoa, mas foi encontrado pelos populares que começaram o linchamento. 

“Logo após o 9°BPM, foi acionado para atender uma vítima de linchamento que tratava ao chegar  no local foi falado que o agredido era suspeito de crime de violência sexual. A sorte dele foi que a polícia chegou. Ele mesmo não via a hora, porque foi muito espancado”, afirmou a oficial que é Relações Públicas do Batalhão. 

Os policiais o conduziram até o Hospital do Buenos Aires, em seguida o levou até a Central de Flagrantes para os procedimentos. 

Em um vídeo divulgado pelos próprios populares, o homem diz que cometeu o crime por “sofrer de doença mental”. 

 

 

Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir