Cidadeverde.com
Política

Júnior do MP3 acusa deputado Cícero Magalhães de tentar acabar com o PT

Imprimir

Foto: Montagem/CidadeVerde.com

Os pré-candidatos do PT a vereadores convocaram uma reunião da executiva municipal para sexta-feira (14). Eles afirmam que irão desistir das candidaturas caso o partido aprove o ingresso da família Monteiro na legenda.

A ida da familia Monteira faria parte de um acordo estadual. Os integrantes da familia Monteiro não seriam candidatos só em Teresina, mas em vários municipios do Piauí.

O vereador Deolindo Moura afirma que o diretório municipal não aceita.

"O PT ouviu o pedido que eles (familia Monteiro). O partido se reuniu e definiu pela impossibilidade. Temos um time com 45 nomes. Temos agora a oportunidade de aumentar a bancada. Eles vão recorrer à executiva estadual. Mas a municipal não aceita", destacou.

Deolindo disse acreditar que a executiva estadual vá contra a decisão da executiva municipal e aceite a familia. 

"Eles que foram. O partido ouviu e depois tomou uma decisão. Vai seguir para a estadual porque é um grupo a nível de estado. Acho difícil ser contra a municipal. Alguns pré-candidatos já falaram que se acontecer vão sair", afirmou. 

O militante do PT, Júnior do MP3, acusa o presidente municipal, Cícero Magalhães, de articular contra o partido.  Ele afirma que se o partido aceitar, sairá do partido.

"Ontem houve uma reunião onde o presidente levou a familia Monteiro para constranger o PT. Para trazer uma familia com tradição no PFL. Uma família conservadora. Amanhã vamos nos reunir e nos colocar contra", disse.

 

Lídia Brito
[email protected]

Imprimir