Cidadeverde.com
Política

Ex-prefeito de Cocal vai para a penitenciária Major César

Imprimir
A Polícia Federal no Piauí confirmou que o ex-prefeito de Cocal, José Maria Monção, vai passar a noite na penitenciária Major César Oliveira, em Teresina. Ele foi detido nesta quinta-feira (29) em Teresina durante a Operação Harpia, deflagrada contra o desvio de recursos públicos no município do norte do Estado.
 
De acordo com a assessoria da PF, Monção teve pedido de prisão preventiva decretado por um desembargador federal, e por isso vai passar a noite no presídio. O ex-prefeito é acusado de participação no desvio de R$ 2,6 milhões do Fundo de Educação Básica - Fundeb. Ele foi preso em casa no bairro Jockey Club, zona leste e área nobre da cidade.
 
O assessor Francisco Tadeu, irmão do atual prefeito Fernando Sales Filho (DEM), teve decretada prisão temporária. Ele foi trazido de Cocal para Teresina.
 
Mais de 200 servidores da prefeitura estão sendo ouvidos no colégio José Maçon, em Cocal. Os depoimentos serão anexados ao processo. Até 17h de hoje, o sinal de todos os canais de TV na cidade estavam fora do ar.
 
Coletiva
Em nota divulgada no final da tarde de hoje, a PF convocou a imprensa para uma entrevista coletiva às 10h30min de sexta-feira com o superintendente regional, delegado Eriosvaldo Renovato Dias. A coletiva será no auditório da Superintendência Regional para esclarecer jornalistas sobre a prisão do ex-prefeito de Cocal.
Tags:
Imprimir