Cidadeverde.com
Esporte

Lesionado, Alisson desfalca Liverpool no Inglês e na Liga dos Campeões

Imprimir

O técnico Jürgen Klopp revelou nesta sexta-feira que o goleiro Alisson será baixa por ao menos dois jogos do Liverpool. O brasileiro ficará de fora da partida contra o Bournemouth, neste sábado, pelo Campeonato Inglês, e também perderá o importante duelo contra o Atlético de Madrid, quarta-feira, pela Liga dos Campeões.

"Infelizmente, Ali está fora", lamentou o treinador. Alisson sofreu uma lesão muscular na altura do quadril em treino de preparação para o jogo contra o Chelsea, na terça-feira, pela Copa da Inglaterra. Ele ficou de fora deste duelo, que causou a eliminação do Liverpool, e vinha em tratamento nos últimos dias.

Klopp não revelou detalhes sobre a gravidade lesão. "Ele teve um pequeno problema durante o treino. "Todos pensamos que ele estava bem e deixamos ele de fora apenas por precaução. Mas os exames mostraram alguma coisa e ele está fora agora", declarou o treinador.

Por causa da lesão, Alisson ficou de fora da convocação do técnico Tite para os dois primeiros jogos da seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar. O treinador chamou Ederson, Weverton e Ivan, da Ponte Preta.

Sem poder contar com o titular, o treinador do Liverpool deve apostar mais uma vez em Adrian, que atuou contra o Chelsea. Ele deve jogar também contra o Atlético de Madrid, na semana que vem

A baixa no gol vem em péssima hora para o Liverpool. Antes considerado quase imbatível na temporada, o time inglês vem de três derrotas nos últimos quatro jogos. Ele foi eliminado pelo Chelsea na Copa da Inglaterra e sofreu o primeiro revés no Inglês, ao levar 3 a 0 do Watford, no fim de semana passado.

Na Liga dos Campeões, perdeu para o Atlético por 1 a 0. Por isso, precisa devolver o placar no jogo da volta, no Anfield. O Liverpool é o atual campeão europeu.

Ainda nesta sexta, Klopp revelou que o volante Naby Keita já voltou aos treinos, após se recuperar de lesão. Já o também volante Jordan Henderson segue fora, assim como o atacante reserva Xherdan Shaqiri.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir