Cidadeverde.com
Viver Bem

Cuidados com a saúde da mulher devem acontecer em todas as fases da vida

Imprimir

Foto: Pixabay

Em todas as fases da vida, desde o nascimento até a terceira idade, o corpo feminino passa por mudanças e as mulheres precisam ter cuidados específicos em cada ciclo e estarem vigilantes com a própria saúde, além de adotar procedimentos diários essenciais para garantir a qualidade de vida. É importante também identificar precocemente hábitos que podem trazer malefícios, tanto físicos como mentais, e buscar um acompanhamento especial em cada período. 

Os cuidados iniciam ainda na infância com o acompanhamento pediátrico. O cartão de vacinação, por exemplo, deve estar em dia principalmente nesta fase em que o sistema imunológico ainda está se fortalecendo evitando o desenvolvimento de doenças. Já a partir dos 10 anos, com o início da puberdade até a adolescência, ocorre a primeira menstruação, conhecida também como menarca, tornando-se essencial a visita regular ao ginecologista para acompanhar as mudanças hormonais e corporais. 

Mas, apesar da importância do acompanhamento médico, um estudo realizado pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), em 2018, aponta que cerca de 20% das brasileiras acima dos 16 anos não vão ao ginecologista com regularidade. 

“Importante que as mulheres realizem consulta preventiva pelo menos uma vez ao ano. A mulher deve buscar um ginecologista a partir da primeira menstruação, para que possa receber as orientações necessárias, como métodos preventivos para evitar uma gravidez indesejada e para evitar doenças, por exemplo”, explica o ginecologista Normany Rocha. 

Além disso, o Ministério da Saúde recomenda a vacina contra HPV (Papilomavírus humano) a partir dos nove anos como forma de prevenção contra a infecção, que é um dos principais causadores do câncer no colo do útero. De acordo com dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer), este tipo de câncer é o terceiro tipo mais prevalente entre a população feminina, atingindo mais de 16 mil mulheres no Brasil por ano.   

Na fase adulta, os cuidados com a saúde devem ser ainda mais priorizados. A partir dos 40 anos, começam a aparecer os principais sinais da menopausa e o acompanhamento médico deve continuar com a realização de check-up completo. A mamografia entra na lista de exames de rotina para evitar doenças como o câncer de mama. Mas, quando há casos de câncer na família, por exemplo, a indicação médica pode iniciar mais cedo.  A prevenção é a melhor estratégia para um dos tipos de câncer que mais mata no Brasil. 

Cuidados no dia a dia também são importantes para melhor qualidade de vida, evitando problemas como diabetes e hipertensão. “Uma alimentação saudável, a prática de atividades físicas e higiene são práticas relevantes para a saúde. É importante que a mulher tenha esse acompanhamento desde cedo, sendo levada inicialmente pelos pais, e depois siga com esse cuidado para evitar e tratar doenças com os especialistas”, finaliza o ginecologista Normany Rocha.

Da Redação
[email protected]

Tags: mulher
Imprimir