Cidadeverde.com
Geral

Linha férrea em Teresina será duplicada e licitação deve iniciar neste ano

Imprimir

A linha férrea em Teresina será duplicada. Atualmente, a linha é simples e permite a passagem de apenas um metrô por vez. A duplicação faz parte da modernização do metrô e a Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans) já fez o estudo de realidade técnica, econômica, social e ambiental. No momento, os projetos estão no estudo básico para iniciar o processo de licitação. As obras devem ser iniciadas ainda neste ano. 

O projeto de revitalização possui duas etapas: a primeira é a revitalização e a duplicação da linha férrea. A segunda propõe a construção do centro de operação e os viadutos para a passagem do metrô.  Um dos viadutos será paralelo ao já existente do lado da ponte Wall Ferraz, por cima do Rio Poti. 

"Dando continuidade ao processo de urbanização, nós temos dois viadutos a serem construídos: um na Rua Rui Barbosa, próximo ao cemitério São José, e o outro na Ponte Wall Ferraz, na região de maior fluxo. Já foi feito um estudo de realidade técnica e, agora, o executivo. O importante é que já temos recursos dentro de uma linha de financiamento que o governo já fez. Queremos começar até o final do ano essas grandes obras para melhorar a vida do pessoal que usa o metrô", comentou o diretor-presidente da Companhia Metropolitana de Transporte Público (CMTP), Paulo Martins. 

Com a duplicação, o metrô poderá fazer mais viagens e atender maior número de pessoas. Além disse, evitará acidentes com colisão frontal, como ocorreu em 2015. O metrô de Teresina possui nove estações e possui fluxo de passageiros pagantes de quase 4 mil por dia. 

Metrô - Funcionamento aos Sábados

O metrô  de Teresina não vai funcionar aos sábados até o dia 11 de abril deste ano para que seja possível a finalização de uma das fase da obra da Via Marginal Poti Sul. Durante a semana, o metrô segue com atendimento em horário normal à população. 

A CMTP destacou que a obra é próximo aos trilhos. E, por isso, precisa de uma largura de 1,5m de distância da obra e o metrô estava a  80cm. Logo, para evitar uma colisão nas máquinas o atendimento ficará temporariamente interrompido. 

"Desde outubro do ano passado que o metrô funcionava aos sábados. Agora, até meio de abril, não vamos ter aos sábados devido a obra na Avenida Marechal Castelo Branco onde cruza com a nossa linha férrea. Acordamos com o município de Teresina para que os sábados não funcione. Logo o viaduto seja concluído em abril, retornamos normalmente no sábado".


Foto: Roberta Aline

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir