Cidadeverde.com
Geral

Parte de ciclovia cede e SDU-Sul monitora erosão na Avenida Maranhão

Imprimir

Fotos: Izabella Pimentel

Uma erosão nas margens do Rio Parnaíba, próximo à rotatória da Avenida Maranhão com a Rua Joaquim Ribeiro, na zona Sul de Teresina, tem chamado atenção de quem passa no local. Parte da ciclovia cedeu e o trcho está sendo monitorado pela prefeitura.

Caminhoneiros que estacionam próximo à margem afirmam que o problema é antigo e, com as chuvas, piorou. “Desde 2015 está acontecendo essa erosão. Não arrumaram e aí agora piorou”, conta um caminhoneiro que prefere não se identificar. 

Na manhã desta quinta-feira (12), a Superintendência de Desenvolvimento Urbano ( SDU-Sul) realiza obra no local. 

O superintendente executivo da SDU-Sul, Paulo Roberto, explica que passa uma galeria no local e que será feito um enrrocamento de pedras para evitar que a erosão avance mais ainda. 

Segundo ele, a princípio,não há risco da Avenida Maranhão romper com a erosão. O trecho está sendo monitorado pela prefeitura. 

"A gente está fazendo um enrrocamento de pedras no talude onde chega a galeria.Tem uma erosão bem próxima ao asfalto então a gente está jogando pedra para proteger essa área do aterro da avenida. Essa galeria com o passar dos anos  foi tendo desgaste. Ela já diminuiu a distância que ela tinha da avenida para o rio. Então isso aí provoca a chamada voçoroca, que é a ação que a água faz próximo à avenida e provoca essa erosão", explica Paulo Roberto. 

A previsão é que nesta semana o serviço de enrrocamento termine e outra fase da obra inicie quando a água baixar. 

Não há interdições nas vias e o trânsito na região é tranquilo.


Flash Izabella Pimentel
[email protected] 

Imprimir