Cidadeverde.com
Geral

Porta-voz nega caso de artista com coronavírus; nenhum caso confirmado no Piauí

Imprimir

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

O porta-voz sobre coronavírus no Piauí, o infectologista José Noronha, diretor do Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella, informou que não há nenhum caso confirmado da doença até este domingo (15). No início da manhã começaram a circular boatos de que um artista teria chegado ao Piauí após testar positivo para o covid-19. Porém, não existe nenhum caso confirmado no momento, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). 

"Li pela manhã em um site de notícias daqui que um famoso que testou positivo para o coronavírus viajou para o Piauí, mas não há nenhum caso confirmado no sistema. Essa é uma informação que não pode ser omitida aos serviços de saúde. Uma vez diagnosticada com a doença, a pessoa passa a ser acompanhada por vários órgãos e não pode viajar sem antes passar por quarentena. Mesmo que essa pessoa viesse em um transporte particular, como um jatinho, os serviços de epidemiologia seriam avisados, a Anvisa e com certeza a Sesapi também", esclarece o porta-voz do coronavírus no Piauí. 

José Noronha esclarece que foram notificados 24 casos no Estado e desses nove já foram descartados. Ele ressalta que também não há confirmação de casos nos estados do Ceará e Maranhão. 

"As pessoas estão assustadas porque há essa explosão de casos em São Paulo, por exemplo. Aqui, eventualmente, pode aparecer algum caso. Se isso ocorrer, com certeza, será convocada uma coletiva de imprensa com toda a equipe do estado e de Teresina", reitera Noronha. 

Os casos investigados no Estado ainda aguardam resultados de exames realizados no Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (Lacen).

FMS emitiu nota

Por meio de nota, a Fundação  Municipal de Saúde (FMS) também se manifestou sobre o boato do artista piauiense infectado. 

Diante da informação de que o exame de um artista teresinense teria dado positivo para o Coronavírus e de que ele estaria em isolamento, a Fundação  Municipal de Saúde (FMS) esclarece que nao há registro de resultado positivo para a doença. Atualmente, a Fundação monitora 24 casos suspeitos, que se encontram em isolamento domiciliar e que aguardam resultados de exames, conforme determina os protocolos do Ministério da Saúde.

A FMS ressalta ainda que a diretoria de Vigilância em Saúde tem realizado um árduo trabalho com o objetivo de promover e preservar a saúde pública e que manterá a população informada sobre a quantidade de casos em Teresina, garantindo a transparência do serviço público e viabilizando as ações de cuidados por todos.

 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir