Cidadeverde.com
Últimas

“O poder Judiciário não parou”, diz presidente do TJ após 250 mil atos à distância

Imprimir

Foto:Arquivo/CidadeVerde.com 

Em menos de 15 dias, mais de 250 mil atos processuais foram realizados desde o início do regime preferencial de teletrabalho no Judiciário do Piauí. O desembargador Sebastião Ribeiro Martins, presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ), diz que os números concretizam o esforço do judiciário mesmo trabalhando à distância.

“O poder Judiciário no Piauí não parou e isso se deve ao trabalho valoroso de magistrados e servidores, além de defensores, promotores e advogados, e, ainda, ao avanço dos sistemas informatizados, como o Processo Judicial Eletrônico (PJe) e o Sistema Eletrônico de Informação (SEI)”, disse.

Por recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o TJ-PI atua em regime de plantão extraordinário, com adoção de teletrabalho e trabalho remoto, até 30 de abril.

O plantão extraordinário nas primeira e segunda instâncias funciona das 8h às 14h, em dias úteis. Magistrados, servidores, colaboradores e estagiários exercem suas atividades remotamente. A medida é regulamentada pela Portaria nº 1020/2020, da Presidência do TJ-PI e da Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Piauí.

Da redação
[email protected]

Imprimir