Cidadeverde.com
Cidades

Prefeitura de União transfere feirantes para espaço aberto para que mercado continue

Imprimir

Foto: Ascom Prefeitura

Pensando na situação dos comerciantes que atuam no mercado municipal, que vendem verduras, carnes, peixes e outros produtos, o prefeito de União, Dr. Paulo Henrique, decidiu realocar esses vendedores para um espaço aberto e amplo para que os mesmos continuem trabalhando e realizando as vendas de seus produtos. A decisão alia a preocupação do gestor com a fonte de sustento de muitas famílias, mas sem deixar de lado as medidas de higiene necessárias que precisam ser reforçadas durante a pandemia do Coronavírus. O mercado voltou a funcionar na manhã de desta sexta (03). 

O prefeito esclareceu que a nova medida está sendo feita de acordo com recomendações do departamento de Vigilância Sanitária, com estratégias para que se evite o acúmulo de pessoas, medidas de higiene necessárias e o devido distanciamento social.

“Quero dizer a vocês que a pandemia é uma preocupação mundial e é também nossa preocupação. É o momento de cuidarmos uns dos outros e estamos tomando medidas que sei que afetaram de alguma forma a parte econômica, mas sabemos que é necessário para a proteção da vida das pessoas”, afirma Dr. Paulo Henrique.

Transferência para a Praça de Eventos

Sobre a reabertura das atividades do mercado, Dr. Paulo Henrique informou que o espaço da Praça de Eventos será ocupado pelos vendedores. “O mercado ficou fechado por 10 dias, mas sabemos que lá existe a venda de produtos essenciais, que é a carne, o peixe, as frutas e verduras. O espaço está sendo reaberto e os verdureiros ficarão temporariamente no local que sempre ficaram, mas com um número reduzido de pessoas. No domingo, eles vão ser transferidos para a Praça de Eventos. Já estipulamos espaços de box e mesas com tamanho de 1,70m x 2,5m e os corredores com distância de 1,70m, o que é recomendado pela vigilância sanitária. Alguns dos vendedores vão trabalhar em regime de alternância para evitar aglomerações de pessoas.”, explicou.

Reforço na fiscalização

De acordo com a diretora da Vigilância Sanitária, Márcia Pierott, os fiscais da Vigilância Sanitária estarão diariamente presentes no mercado e na Praça de Eventos coordenando a higienização dos locais e fazendo a devida fiscalização. “Tivemos uma reunião nessa quinta-feira (2) com os feirantes que atuam no mercado para explicar todas as medidas de segurança e higienização que serão adotadas de forma rigorosa para que o mercado possa funcionar. Se todos colaborarem da forma como está sendo pedido, não teremos problemas”, explica. Prefeito Paulo Henrique transfere feirantes para espaço aberto para que mercado continue a funcionar

Pensando na situação dos comerciantes que atuam no mercado municipal, que vendem verduras, carnes, peixes e outros produtos, o prefeito de União, Dr. Paulo Henrique, decidiu por realocar esses vendedores para um espaço aberto e amplo para que os mesmos continuem trabalhando e realizando as vendas de seus produtos. A decisão alia a preocupação do gestor com a fonte de sustento de muitas famílias, mas sem deixar de lado as medidas de higiene necessárias que precisam ser reforçadas durante a pandemia do Coronavírus. O mercado voltou a funcionar na manhã de hoje (03). 

O prefeito esclareceu que a nova medida está sendo feita de acordo com recomendações do departamento de Vigilância Sanitária, com estratégias para que se evite o acúmulo de pessoas, medidas de higiene necessárias e o devido distanciamento social.

“Quero dizer a vocês que a pandemia é uma preocupação mundial e é também nossa preocupação. É o momento de cuidarmos uns dos outros e estamos tomando medidas que sei que afetaram de alguma forma a parte econômica, mas sabemos que é necessário para a proteção da vida das pessoas”, afirma Dr. Paulo Henrique.

Transferência para a Praça de Eventos

Sobre a reabertura das atividades do mercado, Dr. Paulo Henrique informou que o espaço da Praça de Eventos será ocupado pelos vendedores. “O mercado ficou fechado por 10 dias, mas sabemos que lá existe a venda de produtos essenciais, que é a carne, o peixe, as frutas e verduras. O espaço está sendo reaberto e os verdureiros ficarão temporariamente no local que sempre ficaram, mas com um número reduzido de pessoas. No domingo, eles vão ser transferidos para a Praça de Eventos. Já estipulamos espaços de box e mesas com tamanho de 1,70m x 2,5m e os corredores com distância de 1,70m, o que é recomendado pela vigilância sanitária. Alguns dos vendedores vão trabalhar em regime de alternância para evitar aglomerações de pessoas.”, explicou.

Reforço na fiscalização

De acordo com a diretora da Vigilância Sanitária, Márcia Pierott, os fiscais da Vigilância Sanitária estarão diariamente presentes no mercado e na Praça de Eventos coordenando a higienização dos locais e fazendo a devida fiscalização. “Tivemos uma reunião nessa quinta-feira (2) com os feirantes que atuam no mercado para explicar todas as medidas de segurança e higienização que serão adotadas de forma rigorosa para que o mercado possa funcionar. Se todos colaborarem da forma como está sendo pedido, não teremos problemas”, explica.

 

[email protected]

Imprimir