Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Os meus 50 anos de amizade com João Claudino

Imprimir
  • 1ababa1,1.jpg Dídimo de Castro
  • 1ababa1,2.jpg Dídimo de Castro
  • 1ababa1.jpg Dídimo de Castro
  • 1ababa6,1.jpg Dídimo de Castro
  • 1ababa1,3.jpg Dídimo de Castro
  • 1ababa5.jpg Dídimo de Castro

Em 1968 o empresário João Claudino chegou a Teresina para instalar o Armazém Paraíba. Eu fui chamado por ele para comparecer ao seu escritório na rua João Cabral, onde funciona atualmente o Lojão. 

Naquele ano o Piauí Esporte Clube tinha o melhor time do futebol piauiense e o Estádio Lindolfo Monteiro recebia grandes públicos para os clássicos com River e Flamengo. A nossa equipe de esportes (Titulares do Esporte no Rádio Piauiense) fazia enorme sucesso, integrada por Dídimo de Castro, Carlos Said, Pedro Mendes Ribeiro, Valdir Araújo, Gomes de Oliveira(Galego), Carlos Dias e Aluísio de Castro. 

Seu João revelou que estava acompanhando o nosso trabalho e que desejava programar o Armazém Paraíba em nossas jornadas esportivas. Assim começou a mais longa história de uma parceria no rádio brasileiro, que está chegando aos 52 anos. 

Ao ser estruturado o setor de publicidade do Grupo Claudino, sob o comando de Sílvio Leite e posteriormente Fernando Oliveira, os contratos ( na maior parte do tempo feitos com a rádio ) foram sendo renovados a cada temporada esportiva. Pelo menos em duas oportunidades, ouvi do Seu João o seguinte "eu nunca vou deixar de anunciar com Dídimo de Castro".

MUITO ALÉM DA PUBLICIDADE

Superando o compromisso comercial, formou-se uma sólida amizade. Sempre recebi, ao longo dos 52 anos, convites para participar das festas do Armazém Paraíba (Grupo Claudino), comemorativas do seu aniversário e de encerramento de ano, com homenagens aos servidores, shows maravilhosos com destaques da música brasileira e uma sequência impressionante de atrações. 

Em várias oportunidades fui chamado para o palanque e para dirigir a palavra aos presentes. Destaque também para a comemoração dos 80 anos de João Claudino Fernandes, em sua fazenda na região da Usina Santana.

Em todo encerramento de ano eu e minha família recebemos a tradicional mensagem de Natal e Ano Novo, com a assinatura de João Claudino. A última foi em dezembro passado.

Sempre fiquei muito feliz e até mesmo surpreso com a maneira alegre como Seu João me recebia. Afinal, era o encontro de um homem rico, poderoso, com um simples radialista piauiense. Certa vez eu estava em São Paulo quando recebi no hotel uma ligação telefônica. 

Era Seu João Claudino convidando para um almoço no restaurante famoso na época chamado Terraço Itália. Lá comparecemos eu e, salvo engano, o companheiro Fernando Mendes.Tornei-me amigo dos seus filhos João Vicente e João Júnior e, sem a mesma aproximação, de Cláudia e Marcelo.

INAUGURAÇÃO DO TERESINA SHOPPING

Em 1997 Seu João realizou mais um dos seus sonhos: inaugurou o Teresina Shopping, posteriormente ampliado e cada vez mais se consolidando como o maior ponto de encontro do povo piauiense. 

Na inauguração, Sílvio Leite me chamou para transmitir a solenidade diretamente para uma emissora de rádio do Estado da Paraíba, conforme desejo do Seu João. No início da transmissão entrevistei Seu João que, emocionado, chorou, ao falar para os paraibanos. Em um dos jornais da Teresina, um companheiro jornalista escreveu que "João Claudino chorou no ombro do radialista Dídimo de Castro".

O MAIOR DE TODOS

João Claudino desenvolveu no Piauí o maior grupo empresarial do Estado e um dos maiores do Brasil, gerando milhares de empregos e contribuindo de maneira decisiva para o crescimento da região Nordeste. Eleito em votação através da Revista Cidade Verde O PIAUIENSE DO SÉCULO.

Os mais diferentes setores da vida piauiense receberam de João Claudino e suas empresas significativas contribuições. A marca do Grupo Claudino, notadamente do Armazém Paraíba, está ligadíssima à vida de milhões de pessoas no Piauí e no Nordeste.

O Grupo Claudino tem sido um dos aliados do nosso esporte. Seu João João, nos primeiros anos de vida em Teresina, comparecia ao Estádio Lindolfo Monteiro. Torcia pelo Piauí Esporte Clube e praticamente manteve o Fluminense do amigo  Belchior Barros.

PROGRAMA ESPECIAL

A TV Cidade Verde levou ao ar uma edição especial do Jornal do Piauí dedicada à vida, à trajetória impressionante do empresário João Claudino, com Joelson, Cláudia Brandão e Elivaldo Brandão no estúdio.

Foi um programa extraordinário somente possível pelo alto padrão da TV Cidade Verde. Chamado a falar no programa, fui dominado pela emoção e não consegui concluir meu comentário.

O Piauí e o Nordeste lamentam a morte de João Claudino, ocorrida nesta sexta-feira ( 24 ) em Teresina.  Nosso último encontro foi no ano passado em seu escritório de trabalho, no Lojão Paraíba, instantes antes das comemorações de mais um aniversário do Armazém Paraíba. 

Seu João estava cercado de amigos, inclusive Pedro Mendes Ribeiro, quando gravei com ele para o programa Microfone Aberto. Ali recebi mais uma demonstração, que guardo com carinho, de amizade. Seu João disse aos presentes "este aqui é meu amigo desde que cheguei a Teresina".

Dídimo de Castro 
[email protected]

Imprimir