Cidadeverde.com
Geral

Covid: Teresina terá Centro de Rastreamento e Testagem para assintomáticos

Imprimir

A Prefeitura de Teresina criou os Centros de Rastreamento e Testagem (CRT) para realizar os testes da Covid-19 em pessoas assintomáticas que convivem no mesmo ambiente domiciliar das positivadas para a doença, cortando a transmissibilidade do novo coronavírus. Os testes serão feitos mediante agendamento prévio por meio da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

A FMS informa que "quatro destes centros já estão em funcionamento. Eles estão localizados nas faculdades AESPI/Unifapi (zona Leste), Estácio (zona Sudeste) e Uninassau (zona Sul), além do Clube dos Servidores Municipais (zona Norte)".

O diretor de atenção básica da FMS, Kledson Batista, explica como funcionará o Centro de Rastreamento: "a partir de agora, o cidadão atendido pela Unidade Básica de Saúde (UBS) vai ter um rastreamento dos seus contatos domiciliares pela equipe de saúde. Por meio de um agendamento telefônico ele será encaminhado para um dos centros que já montamos, dependendo da necessidade".

No Centro de Rastreamento e Testagem, o nome do paciente positivado "já vai constar no sistema de testagem (devido o atendimento pela UBS). Você sai da unidade básica, depois vai receber um telefonema, será agendado o comparecimento no Centro de Testagem. A pessoa deve estar assintomática. A ideia é identificar precocemente dentro dos contatos intradomiciliares casos positivos para romper a cadeia de transmissão". 

O médico explica que essa nova modalidade possui um aspecto muito mais positivo do que a  testagem domiciliar, quando a equipe da FMS vai até a casa do paciente, porque "consegue alcançar mais pessoas simultaneamente".  A testagem domiciliar já realizou mais de 13 mil testes rápidos em Teresina. 

"Nós vamos conseguir testar uma grande quantidade de pessoas de forma organizada porque é agendado com horário marcado.  Assim, você consegue atender toda a comunidade de forma mais rápida e segura".


Foto: FMS

Com sintomas

Quem está sintomático precisa procurar por uma Unidade Básica de Saúde. "Lá (a pessoa) será atendida e se houver necessidade o médico fará a prescrição do medicamento ou pedir exames complementares".
 
Quem fez teste da Covid na rede privada de saúde, o hospital particular precisa informar o caso à Fundação Municipal de Saúde, no Comitê de Operações Especiais, para que haja uma análise da situação e identificar se confirma ou não a doença. 

A FMS ressalta que "também serão direcionadas para estes locais (Centro de Rastreamento e Testagem) as pessoas que contatarem  por meio do serviço Testa Teresina, conforme orientação recebida durante o  atendimento via whatsapp".

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir