Cidadeverde.com
Política

Consequências da crise precisam ser discutidas agora, diz Fábio Sérvio

Imprimir

O próximo prefeito de Teresina vai enfrentar sérios problemas no setor de saúde. A previsão é do pré-candidato a prefeito da capital pelo PROS, Fábio Sérvio. Em entrevista à TV Cidade Verde nesta quarta-feira (15), ele disse que os reflexos da pandemia do novo coronavírus vão afetar outros segmentos da própria saúde.

“Hoje temos uma saúde focada 100% na questão da covid-19, e que tem que ser feito isso, mas a gente precisa entender também que os problemas estão se acumulando. Cirurgias cardíacas, consultas eletivas, tratamento de câncer. Se já demorava na regulação, atendimento, quando isso abrir, quando essa bolha estourar, o gestor vai enfrentar uma série de problemas. Isso tem que ser trabalho de hoje, tem que ser planejado de hoje. Eu não vejo foco nas soluções”, afirmou Sérvio.

O pré-candidato advertiu que o atual gestor, o prefeito Firmino Filho, não pode deixar que o assunto seja discutido apenas na próxima gestão.

“O mandato do Firmino está acabando. Ele não pode deixar esse levantamento a curto e médio prazo só para o próximo (prefeito). Ele tem que começar a dialogar com os setores para que a gente possa encontrar as soluções”, declarou.

Outro problema apontado por ele é a falta de recursos. A queda drástica na arrecadação em 2020 também trará consequências.

“Houve uma queda absurda na arrecadação e isso vai se acumular. Será o primeiro problema a ser enfrentado: a falta de recurso. O segundo é a problemática da economia direta, da iniciativa privada. Nós estamos há mais de 100 dias com queda de produção, vendas, empresas fechando e isso vai se agravar com o passar do tempo”, declarou.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir