Cidadeverde.com
Esporte

Com teste negativo para covid-19, nadador João Gomes viaja para Europa no sábado

Imprimir

Três semanas após testar positivo para covid-19, o nadador João Gomes Junior foi liberado para embarcar para Portugal, para reforçar o time de natação que treina em solo europeu, na chamada Missão Europa, bancada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). O especialista no nado peito viajará neste sábado.

João Gomes estava na lista para embarcar para Portugal em julho. Porém, às vésperas da viagem, o atleta testou positivo para o novo coronavírus. E acabou sendo vetado no dia 15 de julho. Pelas regras da Missão Europa, os atletas precisam testar negativo para uma bateria de exames tanto no embarque quanto no desembarque, em solo português.

O nadador foi liberado ao apresentar teste negativo para RT-PCR, principal exame para detectar a presença do vírus no organismo. "Nesta última terça-feira (4) refiz o exame de PCR, para confirmar que não tenho mais a covid-19 ativa. O resultado saiu e agora posso viajar para Portugal", disse João Gomes.

Quando desembarcar na Europa, o nadador ficará em quarentena de 48 horas até sair o resultado dos testes que precisará fazer em Portugal. "Viajarei na madrugada de sábado. Chegando lá, faremos mais dois dias de quarentena no hotel para em seguida realizar outra vez o exame e estar apto para os treinamentos, que ainda definiremos o plano certinho", contou o atleta do Clube Pinheiros.

João Gomes relatou ter sofrido pouco com os sintomas da covid-19 E disse estar se sentindo 100%, pronto para retomar os treinos. "Os sintomas que eu tive foram perda de olfato e de paladar por um período de 24 horas. No dia seguinte, já tinha os dois sentidos de volta normalmente. Após a confirmação, segui em casa e sem qualquer tipo de sintoma", revelou o atleta nascido em Vitória (ES).

Um dos principais especialistas no nado peito no mundo, o brasileiro tem duas medalhas nos 50 metros peito em Mundiais, sendo uma prata na Hungria, em 2017, e bronze na Coreia do Sul, no ano passado. Na Olimpíada do Rio-2016, ele foi o quinto colocado na final dos 100m peito.

Agora, ele espera dar sequência para retomar sua preparação para os Jogos de Tóquio - a seletiva olímpica está prevista para abril de 2021. "Foram dias de expectativa para que o exame saísse e eu pudesse dar continuidade aos meu planejamento. Procurei ter o máximo de calma e tranquilidade neste tempo todo, sempre apoiado por minha equipe multidisciplinar."

Gomes será o 11º nadador do País na equipe que a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) levou para Portugal. A delegação de natação do Brasil ficará em Rio Maior, em Portugal, até o dia 29. Entre os dias 14 e 16, a equipe participará do Meeting de Loulé, no mesmo país.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir