Cidadeverde.com
Política

Elmano diz que Bolsonaro sofre oposição “brutal” e chega em 2022

Imprimir

O senador Elmano Férrer (Podemos) afirmou nesta segunda-feira (17) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sofre uma oposição “brutal” no país. Mesmo assim, para o parlamentar, o presidente chega firme para disputar a reeleição em 2022.

“É brutal a oposição a ele e é do conhecimento de todos os problemas de tensionamento entre os poderes do Estado”, disse em entrevista à TV Cidade Verde.

Segundo Elmano, o governo está trabalhando muito, mesmo com o que ele chamou de desrespeito a eleição de Bolsonaro, como governadores do país, principalmente do Nordeste.

“Ocorre que se construiu no Brasil uma oposição ao presidente desrespeitando quase 60 milhões de vozes. Ele ganhou a eleição democrática e não tem sido fácil para ele, como ser humano, enfrentar o que ele está enfrentando: desde uma frente de governadores no Brasil, especialmente no Nordeste, contra tudo que esse presidente tem tentado fazer”, declarou.

Ainda de acordo com o senador, Bolsonaro já tem base suficiente para disputar a reeleição em 2022.

“Eu não tenho dúvida que ele (presidente) chega em 2022, pois já construiu uma base parlamentar tanto na Câmara e principalmente lá pelo Senado. Ele já tem uma boa base no Senado. Na Câmara é que estava havendo um certo cuidado em decorrência de problemas que todos nós conhecemos. Mas eu creio que esse governo chegará pelo que está fazendo”, finalizou.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir