Cidadeverde.com
Política

Governador visita duplicação da BR-343 e diz que entrega "será presente de Natal"

Imprimir

Fotos: Divulgação CCOM

Uma equipe do governo do Estado esteve nesta terça-feira(18), nas obras de duplicação da BR-343, na entrada de Teresina. Na visita, o governador Wellington Dias informou que a nova previsão de entrega é dezembro deste ano. Esta é a segunda visita do governador à obra de duplicação das BRs, depois da retomada após a pandemia do coronavírus. No final de julho, ele esteve na parte sul da obra, na BR-316. 

A obra, que já dura cerca de oito anos, entrou para a prioridade do governo do estado. A duplicação, de 9,67 quilômetros de extensão, começa no final da Avenida João XXIII (em frente à rodoviária popular) e vai até 2 km após o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em direção ao município de Altos. 

Segundo Wellington Dias, a obra será um "presente de Natal" para a cidade. “De um lado, temos geração de emprego e renda, e do outro, uma via dupla na saída em direção ao norte do estado e Ceará. É uma região que já está bastante habitada e a obra contribuirá com o desenvolvimento. Significa cada vez mais condomínios, velocidade na trafegabilidade e bem-estar, com a parte de paisagismo. A infraestrutura é uma área destacada no pacto de retomada organizada do Pró-Piauí e essa obra será o nosso presente de Natal”, disse o governador.

O valor do investimento é de R$ 48 milhões. “É uma obra prioritária desse conjunto de investimentos que chamamos de Pró-Piauí e esses recursos circulam na economia. O ritmo está acelerado, a obra está sendo atacada em três frentes e a visita do governador hoje visa continuar o trabalho de monitoramento para ver se todos os nós estão sendo desatados para a conclusão da obra no tempo estipulado”, pontuou o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles.

Em setembro, 80% das obras já estarão concluídas. “Nosso compromisso é, até o final do próximo mês, terminar a obra do trecho 1, que vai da Av. João XXIII até o Terras Alphaville, e o trecho 3, do balão da Usina Santana até a Ladeira do Uruguai. O trecho 2, o intermediário, é o mais complicado por conta de problemas de drenagem, mas vamos resolver fazendo galerias e grandes redes de bueiros”, atentou o Humberto Castro, sócio da construtora que executa a obra.

Os serviços estão sendo realizados pelo Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagens (DER). “É uma obra de muita relevância para o estado e, principalmente, para a capital. Visa desafogar o tráfego de quem vai para o norte do estado e a BR 316 para a saída sul. O andamento das obras estava seguindo à risca o cronograma, quando fomos pegos de surpresa pela pandemia, mas o importante é que retomamos seguindo todos os protocolos de segurança e rapidamente será entregue à população”, afirmou o diretor do DER, Castro Neto.

Duplicação da saída sul

As obras da BR 316 também são realizadas, na saída sul de Teresina. Esta será duplicada em 8,4 km de extensão. Terá quatro viadutos, duas faixas de 7,2 m, acostamento e faixa de segurança. A via central terá duas faixas de tráfego em cada sentido. As pistas marginais terão duas vias, ciclovia de três metros e calçadas de dois metros. Também serão feitas duas passagens de desnível e duas passarelas para pedestres. A previsão é que seja concluída até julho do próximo ano.


Da Redação
[email protected]

Imprimir