Cidadeverde.com
Geral

FMS reorganiza rede com fechamento de alas Covid em hospitais

Imprimir


Hospital de Campanha do HUT continua como referência para alta complexidade

Dois hospitais geridos pela Prefeitura de Teresina já puderam fechar suas alas destinadas aos pacientes com Covid-19. Isso foi possível com a reorganização na rede hospitalar do município após a redução nas taxas de ocupação de leitos pela doença na capital. Agora, a internação de pessoas com Covid-19 está concentrada nos hospitais de Campanha Padre Pedro Balzi, João Claudino Fernandes anexo HUT e no Hospital do Monte Castelo. 

Dados da FMS apontam que, até ontem (27), os hospitais do Satélite e Mariano Castelo Branco, na Santa Maria da Codipi, já não tinham nenhum paciente em internação por Covid-19. Os Hospitais do Buenos Aires e Dirceu contavam com três pacientes cada, enquanto o Hospital da Primavera contava com apenas duas pessoas internadas. “Estamos conduzindo o processo gradualmente, dando altas e transferindo os pacientes para os hospitais exclusivos para internação pela doença”, esclarece Íris Amaral, gerente de Assistência Especializada da Fundação Municipal de Saúde (FMS). 

Em função da reorganização, o Hospital de Campanha Pedro Balzi apresentou um aumento natural em suas taxas de ocupação. Até ontem (27), o hospital contava com 33 do total de 60 leitos ocupados. “Podemos conduzir bem esse nível de ocupação, pois temos uma rotatividade de altas significativa”, explica a diretora Gina Nogueira. Desde o início do seu funcionamento, o hospital registrou 575 internações. 

A população ainda pode procurar os hospitais em caso de urgência decorrente de complicações da Covid-19 ou de outros problemas de saúde. Além disso, pode acionar o SAMU, por meio do número 192. Se houver necessidade, o paciente é transferido para outros estabelecimentos de saúde. 

Já em caso de urgência obstétrica, a gestante pode se deslocar para as maternidades municipais localizadas nos bairros Buenos Aires, Satélite e Dirceu. Se a gestação for classificada como de baixo risco e ela tiver com quadro suspeito ou confirmado de Covid-19, será direcionada para a Maternidade do Promorar. Para aquelas gestações de alto risco, a gestante será transferida para a Maternidade Dona Evangelina Rosa.

 

[email protected]

Imprimir