Cidadeverde.com
Geral

Governador lamenta feminicídio em Paulistana e pede que população denuncie crimes contra mulher

Imprimir

 

 

O governador Wellington Dias lamentou o feminicídio da jovem Evelin Pedrosa Redrigues, de 24 anos, morta pelo companheiro em Paulistana (a 468 km de Teresina), neste sábado(29). Ela é filha o vereador Elias Rodrigues, correligionário do governador. 

Em postagens feitas na rede social Twitter, o governador informou que determinou que a Polícia Civil acompanhe o caso "de perto" e pede que as pessoas ajudem a salvar outras mulheres, denunciando crimes pelo aplicativo Salve Maria. 

"Denunciar é mais do que uma obrigação, é um gesto de humanidade. Evelin, que você descanse em paz. Muito força para os familiares e amigos. Que Deus os console neste momento de dor", destacou o governador.

 

 

Reprodução

Entenda o caso

A jovem foi assassinada com várias golpes de faca na madrugada no meio da rua e o crime teria sido motivado por ciúmes. O principal suspeito do crime é o companheiro da jovem, identificado como Joab dos Santos Campos, de 26 anos. O delegado Cícero Oliveira, da Delegacia Regional de Paulistana, disse ao Cidadeverde.com que, após o crime,  Joab tentou cometer suicídio. Ele foi levado para o Hospital Regional Justino Luz, em Picos, e está sob custódia policial. 

 O delegado regional de Paulistana reivindica a criação de uma delegacia especializada em atendimento à mulher na cidade. Ele destaca que são muitos crimes envolvendo mulher e que sua equipe é reduzida para dar conta de todas as ocorrências. 

 

Caroline Oliveira
[email protected]

 

 

Imprimir