Cidadeverde.com
Política

"Teresina não pode continuar sendo marcada pela pobreza", diz Lucineide Barros

Imprimir

Em entrevista ao Jornal do Piauí, nesta sexta-feira (4), a pré-candidata à prefeita de Teresina pelo PSOL, Lucineide Barros, disse que a capital "não pode continuar sendo marcada pela pobreza intensa". 

Lucineide é professora universitária e tem larga atuação nos movimentos sociais e comunitários. Em um eventual mandato à frente da prefeitura de Teresina, ela defende a aplicação da política do "bem viver".

"Estamos organizando nossa programa em 4 eixos. O primeiro, que vai dirigir a nossa discussão em Teresina, é sobre o bem viver. Estamos dizendo que Teresina não pode continuar sendo um município marcado pela pobreza intensa, pelo desemprego cada vez  mais ampliado e com uma condição de desigualdade extrema em que temos concentração não apenas econômica, mas  também concentração de poder político",disse.

Lucineide Barros defende melhores condições de moradia, de saúde, educação, a valorização do território rural de Teresina, dentre outros pontos.  

"A política do bem viver é de que altere as prioridades. Não dá para a prioridade continuar sendo jogar as populações empobrecida nas periferias da cidade cada vez mais distante do poder público. Mas também estamos dizendo que é necessário cuidar do meio ambiente, do transporte, do trânsito, da mobilidade. Não podemos continuar com essa política que não valoriza nosso patrimônio material, imaterial e memória. É necessário cuidar da educação. Não dá pra sustentar uma  educação na base da propaganda", declarou. 

A professora Lucineide disse, ainda,  que não foi definido o nome do seu vice, mas que a tendência é de que a chapa seja pura. 

"A orientação do nosso diretório nacional é que nós não podemos fazer aliança com grupos que estão no poder ou estão próximos ao poder que retiram direitos do trabalhadores, que atacam a previdência publica, que não cuidam da segurança das pessoas e atacam os movimentos sociais. Estamos sim nessa linha de chapa pura", explicou.

Logo mais a noite membros do PSOL farão uma reunião para discutir a data de convenção e o nome do vice de Lucineide,  chamado pelo partido como "co candidato" à prefeitura.   


Izabella Pimentel
[email protected] 

Imprimir