Cidadeverde.com
Últimas

Sesapi entrega cinco torres de videolaparoscopia para o HGV

Imprimir

Foto: Sesapi

Com doação da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), o Hospital Getúlio Vargas (HGV) passa a contar com novos equipamentos para exames mais sofisticados e precisos. São cinco torres de videolaparoscopia, equipamentos importantes que vão permitir a realização de cirurgias não abertas, com uma técnica considerada minimamente invasiva.

Na videolaparoscopia os cortes são substituídos por pequenos furos, quase imperceptíveis, feitos com a ajuda de pequenas pinças com câmeras nas pontas. Elas permitem a visualização em duas dimensões do local da cirurgia e facilitam o procedimento. Entre os principais benefícios está o tempo de recuperação do paciente, que é menor.

De acordo com o diretor do HGV, Gilberto Albuquerque, a chegada do videolaparoscópio permite um menor risco de infecção e menor permanência do paciente no hospital. “A grande vantagem é a redução do tempo de internação, pois o pós-operatório é muito mais rápido. É um equipamento fundamental”, explica o diretor.

São diversos os problemas que podem ser resolvidos com videolaparoscopia e os mais procurados são retirada de vesícula biliar, reparo das hérnias, retirada de baço, útero, ovários e tumores. “Vamos poder realizar cirurgias em várias especialidades como cirurgia geral, de vesícula, biópsias intra abdmominais, cirurgias de esôfago, estômago, além de serem utilizadas nas áreas de ginecologia, urologia, ortopedia, otorrino e neurocirurgia”, diz Gilberto.

Com a alta resolução, os equipamentos vão proporcionar procedimentos mais precisos com a melhor visualização dos órgãos ou cavidades corporais com uso de uma câmera de vídeo acoplada a um sistema ótico. A torre é composta por um monitor de alta resolução, câmera, fonte de luz de LED, insuflador e endoscópios rígidos. 

As torres são resultado das ações do Projeto PRO Piauí, que visam modernizar os hospitais do Estado. Para o secretário Florentino Neto, é a primeira vez que uma unidade de saúde do Piauí tem um número tão grande desse tipo de equipamento. “É um incremento considerável na capacidade de realização de cirurgias do Hospital Getúlio Vargas com a modernização do seu parque tecnológico. Os equipamentos vão ajudar no trabalho dos profissionais, com mais qualidade e precisão”, diz o secretário.

Da Redação
[email protected]

Imprimir