Cidadeverde.com
Entretenimento

Live com Zélia Duncan, Patrícia Mellodi e convidados vai homenagear poeta Jorge Salomão

Imprimir

Fotos: arquivos pessoais


Expansivo e às vezes (quase sempre) barulhento. Esses são dois dos adjetivos que muito dizem sobre o poeta, letrista e agitador cultural Jorge Salomão. Nascido em Jequié, no sertão da Bahia, esse artista moldou seu espírito cosmopolita em cidades como Nova York (onde conviveu com Hélio Oiticica e Andy Warhrol) e Rio de Janeiro, onde fixou residência e fez (muitos) amigos. E alguns deles irão lembrá-lo no dia do se aniversário, 03 de novembro, no YouTube. 

São nomes como o dos poetas Antonio Cícero e Omar Salomão, as cantoras Dulce Quental, Ithamara Koorax, Jussara Silveira e Zélia Duncan, o músico Nico Rezende (parceiro de Jorge em sucessos como “Noite” e “Pseudoblues”) e a editora Gisela Zincone, da Gryphos, responsável pela publicação da maioria dos livros do autor. Esses são alguns dos nomes confirmados na “Tridimensional Live -- na homenagem a Jorge Salomão”. A noite será apresentada pela cantora Patrícia Mellodi e pelo poeta e jornalista Christovam de Chevalier e será a primeira live do Tridimensional, projeto poético-musical criado e apresentado pela trinca Salomão-Mellodi-Chevalier entre 2017 e 2019. 

A noite marca também o lançamento da linha de camisetas com que a grife Eu Te Avisei, de Gabriel Caymmi, homenageia o artista. O evento é uma realização do Sarau da Mellodi em parceria com o Eco Som Studios.

As estampas, nas cores branca e preta, trazem os dizeres “Ninguém apagará nossa chama” e “Manter acesa a chama do espetáculo da Terra”, criados pelo poeta. Salomão sabia criar frases que se tornariam lapidares. Uma delas é “Liberdades conquistadas são liberdades conquistadas”, dita a Cazuza em meados dos anos 1980, quando Jorge soube que o amigo fora tocado pelo vírus HIV. Essa e outras histórias serão lembradas pelos amigos na homenagem. Há os que preferiram gravar um depoimento, caso da cantora e compositora Dulce Quental, primeira artista a lançar uma canção de Jorge, no caso “Natureza humana”, versão de Jorge e do seu irmão poeta, Waly Salomão, para “Human nature”, de Michael Jackson.

“Natureza humana” é, por sua vez, cantada por Ithamara Koorax, que buscou nos seus arquivos o vídeo no qual interpreta a canção em show dirigido por... Jorge Salomão! Já “Pseudoblues” é apresentada por seu coautor, Nico Rezende. Jussara Silveira interpreta “Do sertão ao mar” à cappella. Os derradeiros escritos do poeta também viraram música. Último poema de Salomão, escrito durante a internação no Instituto Estadual de Cardiologia Aloísio de Castro, no Rio de Janeiro, ganhou melodia de Arthur Nogueira. Já Laura Finocchiaro apresenta “A vagar”, poema a ela confiado pelo amigo.

Parte da poesia de Salomão é lida por Antonio Cícero, Alice Monteiro, Paulo Sabino, Victor Colonna e Omar Salomão, entre outros nomes. Zélia Duncan vai de “Só quero cantar”, do livro “Mosaical”, de estreia de Jorge.  Cícero bebeu na mesma fonte e escolheu “Política voz”. “Era sempre maravilhoso estar com ele (Jorge), que era uma pessoa extremamente criativa e dotada de grande senso de humor. Sua personalidade é inesquecível”, declara o imortal, membro da Academia Brasileira de Letras, antes de ler o texto. 

 

Serviço:

Tridimensional Live -- Uma homenagem a Jorge Salomão
Data e hora: 03 de novembro, terça-feira, às 19h
Local: canal da cantora Patrícia Mellodi no YouTube

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir