Cidadeverde.com
Cidades

Polícia cumpre mandado contra hacker que invadiu rede social

Imprimir

Foto: Google Maps

A Delegacia Regional de Polícia Civil de São Raimundo Nonato cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência de um hacker, em Várzea Branca (a 561 km de Teresina). Ele teria invadido a conta de rede social de uma vítima para fazer publicações com conteúdo falso e difamatório.  

A busca e apreensão ocorreu na tarde desta terça-feira (03), após deflagração de investigação para apurar o suposto cometimento de diversos crimes, como invasão de dispositivo informático (Art. 154-A, do Código Penal), falsidade ideológica (Art. 299, do Código Penal), e falsa identidade (Art. 307, do Código Penal), praticados por meios digitais.

De acordo com a investigação, o suspeito conseguiu burlar os mecanismos de segurança, se passando pela vítima, para fazer alterações nas publicações/postagens da rede social, inserindo conteúdo difamatório e inverídico. Ele teria utilizado chips de celular, previamente habilitados com uso indevido de dados pessoais e números de documentos de terceiros.

A delegada regional Cynthia Verena que comandou as investigações, solicitou o mandado de busca e apreensão à Vara Criminal da Comarca do município, o qual foi cumprido.

"A Polícia Civil alerta às pessoas em geral para que se abstenham de praticar condutas nocivas de qualquer natureza, se valendo dos meios digitais. Muitas vezes se tem a falsa noção de que é fácil garantir o anonimato e a impunidade, ao fazer uso de perfis falsos, ou aquisição de linhas telefônicas em nome de terceiros. Isto pode configurar novos delitos, e não impede que a Polícia Judiciária, com uso de técnicas avançadas de investigação, chegue à autoria delitiva", afirmou a Delegacia Geral em nota.

 

Caroline Oliveira
Com informações da PCPI
[email protected]

Imprimir