Cidadeverde.com
Entretenimento

Lady Gaga se emociona com vitória de Biden e 1ª vice mulher

Imprimir

Uma das artistas a incentivar e a apoiar a campanha de Joe Biden, eleito presidente dos EUA neste sábado (7), foi a cantora Lady Gaga, que chegou a cantar em comício do democrata no início desta semana na Pensilvânia.

Assim que o resultado foi anunciado, a artista usou suas redes sociais para celebrar a vitória de Biden sobre o republicano Donald Trump. "Joe Biden, Kamala Harris e o povo americano, vocês acabaram de dar ao mundo um dos maiores atos de bondade e bravura que a humanidade já viu. Nada além de amor por nosso novo comandante em chefe e a 1ª vice-presidente eleita para a Casa Branca. Além disso, caminho a percorrer PA."

A cantora também publicou um vídeo emocionado para celebrar a eleição da senadora Kamala Harris, 55, que se tornou a primeira mulher a ocupar o cargo de vice-presidente dos Estados Unidos. "Muito obrigado por todos que votaram."

"Já era hora. Parabéns Joe Biden e Kamala Harris. Tão pronto para alguma mudança", escreveu Jessica Biel, em seu perfil no Instagram. "Parabéns ao presidente eleito Biden e a vice-presidente eleita Harris! Obrigado por escolher servir seu país durante estes tempos difíceis", disse o cantor John Legend, em seu Twitter.

"'Senhora vice-presidente' não é mais um personagem fictício", escreveu a estrela de Veep, Julia Louis-Dreyfus, que ganhou vários Emmys por interpretar a vice-presidente Selina Meyer na série da HBO. "Woooooohooooo! Filadélfia! América! Pessoas Negras! Deus te abençoe! Agora .... Vamos lutar por esse Senado!", escreveu a atriz Viola Davis, em seu perfil no microblog.

ELEIÇÃO 2020

Joseph Robinette Biden Jr., 77, foi declarado presidente eleito dos Estados Unidos, segundo projeção da rede de notícias CNN, na semana em que completou 50 anos desde a primeira vez que assumiu um cargo político. Os EUA escolhem, assim, Biden como o 46º presidente de sua história, depois de o democrata derrotar Donald Trump numa disputa histórica e acirrada, que o atual líder americano decidiu levar à Justiça.

Antes mesmo de haver um resultado final, o republicano se declarou vencedor da eleição e disse que iria à Suprema Corte para interromper a contagem de votos –com o temor de que aqueles enviados por correio, de maioria democrata, virassem o jogo em estados-chave, como de fato aconteceu.

Trump entrou com ações judiciais em Geórgia, Michigan, Wisconsin e Pensilvânia. Obteve vitória parcial na Pensilvânia e três derrotas, uma da quais também na Pensilvânia, e as outras em Geórgia e Michigan.

Fonte: Folhapress

Tags: GagaBidenEUA
Imprimir