Cidadeverde.com
Cidades

Academia de Letras Vale do Longá completa 42 anos e entrega comenda

Imprimir

Foto: Divulgação

A Academia de Letras do Vale do Longá (ALVAL) completa 42 anos em 2020. Fundada em 1978, a ALVAL possui por finalidade a cultura da língua, a preservação das raízes históricas e da memória social, o desenvolvimento das potencialidades culturais e o planejamento e execução de ações que se orientem para a prosperidade das letras, das artes em geral, e da cultura como instrumento da educação e crescimento de um povo. 

Atualmente presidida pelo Professor Raimundo Dutra, o objetivo da ALVAL é fomentar o desenvolvimento cultural da região geopolítica de sua influência, que é a região da bacia hidrográfica do Rio Longá, estando presente em 40 municípios do Piauí. 

A entidade é reconhecida de Utilidade Pública pela Lei Estadual Nº 4.175, de 30 de dezembro de 1987 (Lei Homero Castelo Branco).

Para comemorar as mais de quatro décadas da entidade, haverá uma solenidade no dia 17 de novembro, às 19h, com a concessão da Comenda do Mérito A. Tito Filho a diversas personalidades de expressão na cultura piauiense e palestra sobre vida e obra de Arimateia Tito Filho.

A solenidade ocorrerá por meio da plataforma digital Google Meet, devido ao período de pandemia da Covid-19 que o mundo vivencia. Para o Presidente da ALVAL, Raimundo Dutra, “a ALVAL é um patrimônio do Piauí, uma entidade que muito tem contribuído para o desenvolvimento da cultura do estado e faz parte da história piauiense, pois é a primeira Academia de Letras a ser fundada após a fundação da Academia Piauiense de Letras. Por tudo isso, tem muito a comemorar nestes 42 anos”, ressalta o presidente.

Da Redação
[email protected]

 

Imprimir