Cidadeverde.com
Geral

Covid-19: problema técnico, que afeta vários estados, atrasa resultado de exames no Lacen

Imprimir

 

Lentidão no sistema do Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (Lacen) tem impactado no resultado de exames da Covid-19. Com isso, uma pessoa que fez o teste para o novo coronavírus no estado deve demorar cerca de sete dias para confirmar se foi ou não infectada. A gerente técnica do Lacen, Marcela Queiroz, explica que a situação deve ser normalizada até o fim da semana. 

"A gente  precisa que a população entenda que a normalidade não são aquelas 24 horas que a gente conseguia no início. Hoje, devido a demanda, as amostras estão demorando sete dias para serem processadas, o que não quer dizer que elas estão em atraso. O Lacen Piauí teve que expandir o seu limite de liberação para acompanhar os demais Lacens do Piauí", explica Marcela Queiroz, gerente técnica do Lacen. 

Ela pontua que o problema técnico ocorreu em vários estados. 

"Vários estados sofreram impacto. Foi noticiado, inclusive, que os boletins sofreram atrasos gerais devido ao impacto no sistema utilizado pelos Lacens", reitera.

Devido a demanda reprimida pela lentidão no sistema, pelos próximos dias, deve ter um aumento no número de casos, o que não significa que, de fato, os casos de infectados e mortes aumentaram no estado. 

"Provavelmente, nos primeiros dias, a gente vá sentir um impacto. Por isso, não podemos avaliar em um curto intervalo de tempo. É preciso avaliar os últimos 14 dias para ter certeza que esse viés não vai ser avalizado nessa questão de aumentos de mortes e casos", esclarece Marcela Queiroz. 

Foto: CCOM

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir