Cidadeverde.com
Geral

Médico Edvar Cavalcante sofre parada cardíaca e morre em Teresina

Imprimir

O médico e advogado Edvar  Cavalcante morreu na tarde desta quarta-feira (11), em Teresina, ao 82 anos, devido à complicações no coração.

Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)  de um hospital particular de Teresina há uma semana. Edvar sofreu uma parada cardíaca por volta das 12h30 e acabou não resistindo.

Edvar Cavalcante foi diretor do Instituto de Assistência e Previdência do Estado do Piauí (Iapep) e  exerceu cargos políticos em governos como o de Freitas Neto e Hugo Napoleão. Ele era irmão do ex -deputado estadual Xavier Neto.

Edvar também era professor aposentado do curso de Medicina da Universidade Federal do Piauí. Em nota, a instituição superior lamentou a morte. 

"A Administração Superior da Universidade Federal do Piauí, o Centro de Ciências da Saúde, o curso de medicina comunicam, com pesar, o falecimento do Professor aposentado Edvar Cavalcante. Dr Edvar, além de médico e advogado, foi também político. A UFPI e toda comunidade universitária externa as condolências e solidariedade aos familiares e amigos neste momento de perda de um ente querido", diz a nota.

O corpo de Edvar será velado em sua casa, no bairro Km 07, zona Sul de Teresina, a partir das 18h. O sepultamento será no cemitério Jardim da Ressurreição. 

Izabella Pimentel
[email protected] 

Imprimir