Cidadeverde.com
Geral

Conselheira tutelar é atacada ao fazer atendimento na zona Norte

Imprimir

Foto: Najla Fernandes/TV Cidade Verde

Os conselheiros tutelares da zona Norte de Teresina, localizado no bairro Santa Rosa, vivenciaram momentos tensos na tarde desta terça-feira (17).  Uma conselheira foi atacada durante atendimento a uma adolescente de 15 anos e por pouco não foi esfaqueada. 

A conselheira estava indo na casa da adolescente, no bairro Santa Maria da Codipi,  para buscar documentos quando, de repente, um suposto usuário de droga lhe atacou. A conselheira Maria do Carmo Lima disse ao Cidadeverde.com que, "por um milagre", a colega de trabalho não foi esfaqueada.

"Ele só não esfaqueou ela por milagre de Deus e porque ela lutou com ele. Ela bateu a cabeça no chão e está com hematomas", conta. As agressões contra  a conselheira só acabaram porque o motorista que estava com ela fingiu que tinha uma arma. 

Após essa agressão, dois amigos da adolescente de 15 anos e uma amiga dela foram até a sede do Conselho. Assustados, os conselheiros ficaram com medo de serem atacados e se trancaram em salas enquanto aguardavam a chegada da polícia.

"Eles foram lá perguntar por ela. Todo mundo se trancou nas salas, cozinha. Ficou só o agente de portaria conversando com eles", relata, ainda assustada, a conselheira Maria do Carmo.

A Guarda Municipal foi acionada, revistou os adolescentes e, segundo a conselheira Maria do Carmo, encontraram dois facões com eles e uma munição. Todos foram conduzidos à Central de Flagrantes de Teresina. 

 

 

Izabella Pimentel
[email protected]   

Imprimir