Cidadeverde.com
Últimas

Passe Livre ultrapassa a marca de 1.500 expedições em dois meses

Imprimir

O serviço de emissão do Passe Livre, operacionalizado pela Prefeitura de Teresina, registrou 1.523 expedições, entre primeiras vias e renovações, nos últimos dois meses. O documento garante gratuidade no transporte público à pessoas com deficiência e idosos com idade superior a 65 anos.

“Esse serviço tinha sido suspenso para incentivar o isolamento social desses grupos considerados de risco e combater a pandemia da Covid-19. Retomamos em setembro. Mesmo após esse período de isolamento social motivado pela pandemia, a população continua buscando o Passe Livre. Nós estamos fazendo todos os esforços para garantir o atendimento e o acesso a esse direito com toda a segurança sanitária”, explica a secretária municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Janaína Carvalho.

Entre as expedições para os idosos, registraram-se nos meses de setembro e outubro 677 primeiras vias e 200 renovações. Já entre os documentos emitidos para as pessoas com deficiência, 368 foram as primeiras vias e 278 as segundas. Devido à necessidade de evitar aglomerações, estão sendo realizados, no máximo, 20 atendimentos por dia.

“Estamos fazendo o atendimento também por telefone da população interessada nesse benefício. Temos um balanço bastante positivo ultrapassando a marca de mil expedições nos últimos dois meses. Vamos continuar buscando garantir o atendimento de toda a população com o maior cuidado”, reforça Janaína.

A população contemplada com esse direito pode entrar em contato com o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo portando cópias do RG, CPF, comprovante de residência e laudo médico que certifica a deficiência, se necessário. Após o cadastro, será realizado um agendamento para a data de recebimento do cartão do Passe Livre, que acontece na sede da Semcaspi.

Têm direito ao benefício do Passe Livre os usuários com 65 anos ou mais e pessoas com algum tipo de deficiência, seja física, auditiva, intelectual ou mental, visual ou múltipla que tenham renda per capita de até um salário mínimo. A população pode entrar em contato nos números (86) 3131-4742 e (86) 3131-4742 e solucionar eventuais dúvidas restantes.

Da Redação
[email protected]

Tags: Passe Livre
Imprimir