Cidadeverde.com
Política

PSTU descarta apoio a Kleber e Dr. Pessoa e prega voto nulo no 2º turno

Imprimir

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O PSTU declarou nesta quinta-feira (19) que não vai apoiar nenhum candidato no 2º turno das eleições em Teresina. O partido, que disputou o 1º turno com o professor Gervásio Santos, estimula o voto nulo e nada de apoio a Dr. Pessoa (MDB) e Kléber Montezuma (PSDB).

“Terminado o primeiro turno das eleições, em Teresina, as opções que saíram para o segundo turno não representam e, nem tampouco, ajudam a nossa classe numa saída para a crise econômica capitalista e a crise sanitária que vivemos com consequências graves para a classe trabalhadora e o povo pobre”, diz nota do partido.

Ainda de acordo com o PSTU, as duas candidaturas são aliadas ao governo do presidente Jair Bolsonaro – sem partido.

“Kleber e Dr. Pessoa são farinha do mesmo saco e representam esse projeto de ataque aos trabalhadores. São candidaturas aliadas ao governo Bolsonaro e irão reproduzir, caso eleitos, esses mesmos ataques à nossa classe em âmbito municipal. Por isso, o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado, PSTU, em Teresina, chama o voto nulo no segundo turno das eleições”, afirma o partido.

O PSTU disse ainda que fez uma campanha sem tempo de TV e rádio, e excluídos dos debates. 

“As eleições funcionam como uma espécie de espelho distorcido da realidade e da luta de classes. São um terreno no qual a força real e coletiva da classe trabalhadora e dos setores populares e oprimidos organizados e mobilizados contra o capital é menor. Reduz-se ou se dissolve na ação individual do voto, à mercê do poder econômico, da manipulação da mídia e do controle bilionário dos capitalistas”, destaca nota do partido.

Da Redação
[email protected]

Imprimir