Cidadeverde.com
Últimas

Governo lança Programa de Pró-Equidade Gênero, Raça e Diversidade na sexta (4)

Imprimir

A Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres (CEPM) realiza, na sexta-feira (4), o lançamento do Programa Estadual Pró-equidade de Gênero, Raça e Diversidade. O lançamento será às 10h, via plataforma Zoom com transmissão no Facebook da CEPM. Os órgãos públicos convidados para participarem do programa são: SSP, Sasc, Seplan, Sesapi, Seduc, Secult, Sejus, SAF, Semar, Cojuv, Cendrogas, Ouvidoria do Estado e Escola do Governo.

A 1ª edição do programa tem como objetivo difundir novas concepções de gestão e cultura organizacional, combatendo dessa forma a discriminação e desigualdade de gênero, raça e diversidade, praticadas no ambiente de trabalho, buscando promover a equidade de gênero, raça e diversidade no que diz respeito às relações formais de trabalho e à ocupação de cargos de direção.

O Programa Estadual Pró-equidade de Gênero, Raça e Diversidade, na primeira etapa em 2021 será nas intuições públicas, pelo período de um ano, e as organizações públicas que executarem de maneira satisfatória as ações, após acompanhamento e avaliação podem ser premiadas com o Selo Pró-equidade de Gênero, Raça e Diversidade, atestando que a instituição possui boas práticas de trabalho levando em consideração a equidade de gênero, raça e diversidade no âmbito organizacional.

Ao participar, a instituição irá elaborar a ficha perfil da organização e um plano de ação explicitando como vai desenvolver as ações de equidade de gênero, raça e diversidade de forma transversal e interseccional, dentro da organização e todo o processo será acompanhado pela CEPM e Comitê Estadual de Articulação e Monitoramento da CEPM junto com as integrantes dos órgãos setoriais que farão parte do programa.

Os principais eixos de atuação são: recrutamento e seleção, capacitação e treinamento, ascensão funcional e plano de cargos e carreira, políticas de benefícios, programas de saúde e segurança, mecanismos de combate às práticas de desigualdade, discriminações de gênero, raça, diversidade e de combate à ocorrência de assédios moral e sexual, prática de capacitação na cadeia de relacionamentos da organização e propaganda institucional interna e externa.

Os principais benefícios para as instituições que aderirem ao programa é a equidade de gênero, raça e diversidade, aumento de produtividade, presença de mulheres nos espaços de poder, melhoria da saúde mental, entrega de resultados de forma sistemática e otimizada em curto espaço de tempo, melhoria de salários, dentre outros.

É importante destacar que enquanto os homens, sejam brancos ou negros, apresentam taxas de atividade da ordem de 80%, as mulheres não alcançam 60%, segundo o Ipea. Isso significa dizer que, de cada 10 mulheres, 4 não conseguem se colocar disponíveis para uma ocupação no mercado de trabalho, dificuldade ampliada ao considerarmos a realidade das mulheres negras.

A CEPM tem o compromisso e a responsabilidade de promover e garantir a participação das mulheres em todos os setores da sociedade, com igualdade de oportunidades e condições de trabalho para que possam ser empoderadas e consequentemente fazerem o enfretamento à violência contra a mulher. A coordenadoria, como parte de seu programa, coloca em prática a criação de estratégias para garantir a autonomia econômica das mulheres, por meio da elaboração e implementação de políticas de trabalho e renda sob a perspectiva de gênero em diversos setores da sociedade.

Serviço:

Data: 04/12/2020
Local: Zoom com transmissão no Face da CEPM
Link para o lançamento:
Entrar na reunião Zoom
https://us02web.zoom.us/j/7877814819
ID da reunião: 787 781 4819

Da redação
[email protected]

Imprimir