Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Setut diz que aumento da passagem de ônibus é decisão da prefeitura

Imprimir

A proximidade de um novo ano traz especulações sobre o aumento no preço da passagem de ônibus em Teresina que, atualmente, custa R$ 4. O coordenador técnico do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), Vinícius Rufino, esclarece que o valor da tarifa a ser cobrada é uma decisão estritamente da prefeitura.

"É uma decisão da prefeitura, não cabe às empresas. As empresas fazem avaliações internas em relação ao valor que seria ideal. Normalmente, o conselho municipal de transporte se reúne, avalia os estudos feitos pelo órgão gestor, pelo poder municipal e toma a decisão, aprova um valor calculado e, a partir de então, o prefeito toma a decisão de qual tarifa dar. Ele pode não dar um valor calculado pelo conselho municipal de transporte, pode dar um valor inferior se assim entender que é possível se dar", disse Rufino. 

Por outro lado, ele pontua que a tarifa no transporte público deve ser bem avaliada e ressalta que a diferença entre o custo operacional e a demanda é uma situação que vem se desequilibrando não apenas em Teresina. 

"Existe uma queda sistemática de demanda independente da demanda. Aqui, nos últimos dez anos, a gente enfrenta uma queda de demanda na casa de 50% do passageiro transportado e o custo operacional não reduz concomitantemente, praticamente se mantém no sistema. Isso tudo influencia em uma necessidade de reajuste tarifário, ou seja, uma necessidade de se reavaliar a situação de subsídio, situações de desonerações para amenizar o custo  do sistema. Em se mantendo parâmetros de custos da forma que vem acontecendo, é uma questão que deve ser muito bem avaliada frisando que é uma decisão da prefeitura", destaca  Vinícius Rufino. 


Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir