Cidadeverde.com
Viver Bem

Déficit de atenção: sinais que indicam a necessidade de ir ao médico

Imprimir

Foto: Pixabay/fotos gratis

Há alguns anos, poucos falavam sobre o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, muito conhecido atualmente pela sigla TDAH. Apesar da familiaridade com o nome, muitos ainda possuem dúvidas sobre o problema, identificado ainda na infância.

Como identificar se a criança é apenas levada ou se possui TDAH? O médico, claro, é o profissional indicado para o diagnóstico. Entretanto, algumas características podem ajudar bastante nesta diferenciação, facilitando os pais perceberem o momento certo para marcar uma consulta.

Orientação

Assim como tristeza não é depressão, agitação não é hiperatividade. O TDAH é uma doença neurobiológica. O paciente precisa ter prejuízos em dois ou mais ambientes, como a escola e a casa.

Uma das características marcantes é a impulsividade. É o caso daquelas crianças que escalam os móveis, andam mais cedo e não têm medo de se machucar.

Os meninos que possuem TDAH normalmente são mais agitados. Já as meninas tornam-se desatentas ou, como muitos costumam falar, em um “outro mundo”. É preciso ficar atento para verificar se os sinais ocorrem frequentemente.

Para identificar o problema, o médico faz uma análise muitos mais abrangente, verificando todos os pontos necessários para poder diagnosticar corretamente. Por isso, é muito importante procurar um especialista para a análise necessária e a indicação do melhor tratamento. 

 

 

Estadão Conteúdo

Imprimir