Cidadeverde.com
Entretenimento

Projeto Siga a Estrela leva espetáculo musical para o Theatro 4 de Setembro

Imprimir

As Petúnias de Teatro

A 4ª edição do Projeto Siga a Estrela leva o espetáculo musical “O Boi e o Burro a caminho de Belém” para o palco do Theatro 4 de Setembro. O Auto de Natal acontece no dia 17 de dezembro, a partir das 18 horas. Neste ano, por conta da pandemia e das medidas de isolamento social, o projeto será realizado através de uma live, com transmissão pelo Youtube. O Coral Raio de Sol, da escola de música Dona Gal, sob a regência de Wânya Sales, já é presença confirmada no espetáculo.

 “Atualmente temos 56 crianças no nosso coral e parte delas vão se apresentar. Já estamos ensaiando as músicas natalinas pra fazer bonito no dia 17”, diz Wânya Sales, que também vai levar a pequena Laina Makena, de 10 anos, que toca sanfona. No palco, o Grupo “As Petúnias de Teatro” entram em cena com o “O Boi e o Burro a caminho de Belém”, uma adaptação da obra infantil de Maria Clara Machado, sob a direção de Marina Marques.

A peça é um auto de natal com melodias natalinas escritas em 1953 e que marca a estreia da autora no universo dramatúrgico infantil.  É uma das peças mais conhecidas e encenadas há mais de cinco décadas. A dramaturgia narra a história do nascimento de Jesus Cristo sob o ponto de vista de dois protagonistas: Boi e Burro. É um texto que emprega uma linguagem simples, onde personagens reais e fictícios interagem com esses animais até o nascimento de Cristo.

A encenação do espetáculo “O Boi e o Burro a Caminho de Belém” se constrói nas relações dos personagens: a estrela, o pastor, as pastora, os três reis, os anjos, a Maria, o José e o menino Jesus com os protagonistas do enredo o Boi e o Burro. No cenário, elementos campestres dividem o espaço com o ficcional, através de projeções. Já o figurino, desmonta a ideia de unidade, demonstrando uma viagem entre a década em que se passou a história até os dias de hoje. 

Gislene Danielle

A cantora Gislene Danielle vai representar Maria e o cantor Edivan Alves interpreta José. A direção geral do espetáculo é assinada por João Vasconcelos. O projeto é uma realização da Andaluz Iluminação, através da Lei Aldir Blanc, Secretaria Estadual de Cultura – Secult e Theatro 4 de Setembro.

“Esta é a quarta edição do evento. Infelizmente, não poderemos receber o público no teatro, mas vamos fazer uma festa linda para a criançada e para o público de todas as idades”, afirma o diretor da Andaluz, Romero Saboia.

A live será transmitida através do canal da TV Garrincha no Youtube.  “Provavelmente teremos a transmissão simultânea em outros canais. Estamos fechando novas parcerias para alcançar um público maior”, diz Romero. Em 2017 e 2018, o projeto foi realizado no Parque da Cidadania. Na sua primeira edição, em 2016, o Siga a estrela levou o espetáculo natalino para o conjunto Tancredo Neves, Praça Pedro II e Palácio de Karnak. Em todas as edições, o espetáculo reuniu um público de 4 mil pessoas por noite.

Espetáculo terá audiodescrição

A live do projeto Siga a Estrela vem com uma inovação: audiodescrição. Trata-se de uma faixa narrativa adicional para pessoas com deficiência visual, intelectual, dislexia e idosos, consumidores de meios de comunicação visual, onde se incluem a televisão, o cinema, a dança, a ópera e as artes visuais.

“A live será a primeira do Piauí a ter o recurso de acessibilidade comunicacional, com audiodescrição do cenário do evento, da fisionomia e vestes dos participantes, os músicos e dos seus instrumentos, dos objetos usados, das logos, dos patrocinadores, das mensagens dos telões e do que mais aparecer de forma identificável”, diz o professor Ronaldo Branco, da Branco Acessibilidade Comunicacional – BRAC.

Imprimir