Cidadeverde.com
Geral

Com lotação máxima, dois hospitais suspendem atendimento para casos suspeitos de covid

Imprimir

Atualizada às 10h04

Dois hospitais particulares em Teresina anunciaram lotação máxima e suspenderam temporarimente o atendimento para pacientes com suspeita de Covid-19. O anuncio ocorreu nessa terça-feira (22). 

Por meio de um comunicado, o Hospital São Paulo informou que "está temporariamente fechado para atendimento de pacientes com síndrome respiratória por indisponibilidade de leitos de internação". 

Já o comunicado do Hospital Med Imagem, filial Prontomed Adulto, informou que "não está recebendo pacientes com suspeita e/ou confirmação de infecção por Covid-19 na urgência do respectivo hospital por indisponibilidade e vagas no momento e que retornará o atendimento tão logo surgam vagas".  A direção informou também que, no momento, o Prontomed só está recebendo pacientes suspeita de covid que sejam beneficiários do Medplan e Humana Saúde.

O boletim mais recente da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) para nove óbitos e 582 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, no Piauí. 

No início da semana, o médico Gilberto Albuquerque, que assume a Fundação Municipal de Saúde (FMS) em janeiro, já havia alertado para lotação na rede privada de Teresina. 

“A rede instalada hoje covid é suficiente para a demanda atual, sem medo. O problema é que está havendo um aumento muito rápido na rede privada. E se está aumentando na rede privada vai chegar na rede pública também. Isso é um sinal de alerta. Da outra vez, a rede privada lotou entre 15 e 30 dias antes da pública. A gente já está atento a isso, pois se for igual a vez anterior, vamos ter umas surpresinhas no início de janeiro”, disse Gilberto Albuquerque ao Cidadeverde.com.


Graciane Sousa
[email protected]
Com informações Notícia da Manhã

Imprimir