Cidadeverde.com
Últimas

Equipes do Busca Ativa estarão em pontos de aplicação do Enem

Imprimir


Para orientar os estudantes no dia da prova, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), enviará equipes do Programa Busca Ativa para os pontos de aplicação que concentram o maior número de candidatos. A pandemia trouxe novas orientações para os dias de aplicação do Enem. O uso da máscara, por exemplo, é um item obrigatório e indispensável para prevenir a doença, seja no dia da aplicação do exame ou em qualquer dia ou lugar.

“Nas edições anteriores, os estudantes eram recebidos por equipes da Seduc com mensagens de incentivo, distribuição de água e chocolates. Este ano, em virtude da pandemia do novo coronavirus, o “Dia E” será em parceria com a Secretaria da Saúde que levará aos candidatos orientações sobre uso correto da máscara, a importância de manter o distanciamento e higienizar com frequência as mãos”, informa o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera.

O gestor lembra que a aplicação do Enem é de responsabilidade do Inep e que, por isso, o trabalho de orientação será feito na porta dos locais que reúnem grande número de candidatos. “Toda logística do Enem, desde as inscrições e distribuição dos estudantes por sala, até o protocolo sanitário durante o exame, é coordenada pelo Inep. Ao longo desses meses, o instituto tem divulgado as medidas que o exame colocará em prática para garantir a saúde dos estudantes e profissionais envolvidos na prova e, na última sexta-feira (8), o Conselho Nacional de Secretários de Educação promoveu uma reunião entre os secretários de Educação e o presidente do Inep, Alexandre Lopes, que nos garantiu que todos os protocolos de segurança serão seguidos”, explicou Ellen Gera.

O secretário alerta ainda para a importância de verificar o local de prova no site do Inep e realizar uma visita prévia, assim como a sala de aula, para evitar aglomeração nos dias de aplicação do exame. “A recomendação do Inep é de que, ao chegar ao local da prova, os participantes não fiquem conversando no portão de entrada e sigam direto para sua sala, para evitar locais que favoreçam o contágio”, frisou Ellen Gera.

Para o secretário da Saúde, Florentino Neto, nunca é demais promover ações que possam esclarecer à população sobre como evitar o contágio. “Para realizar este trabalho, solicitamos que a Seduc nos envie os locais que geralmente concentram o maior número de estudantes e esse roteiro será seguido pelas equipes do Busca Ativa. Nossa equipe adotará abordagem educativa sobre todas as precauções que devem ser tomadas durante todo o período que o estudante vai permanecer na sala fazendo a prova como, por exemplo, a troca da máscara a cada três horas”, destaca o gestor.

Excepcionalmente nesta edição, os candidatos diagnosticados com Covid-19 poderão remarcar a data da prova. A solicitação deverá ser feita na Página do Participante e o candidato deve anexar um documento legível, de até 2MB em PDF, PNG ou JPG, que comprove a doença.


Da Redação
[email protected] 

Imprimir