Cidadeverde.com
Geral

Dr. Pessoa decide que prefeitura não terá ponto facultativo no carnaval

Imprimir

Fotos: Rômulo Piauilino/ Semcom

Após reunião com o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (Sindlojas), o prefeito Dr. Pessoa (MDB) determinou que não haverá ponto facultativo durante o carnaval na capital. Segundo ele, a medida visa evitar aglomerações e ajudar na recuperação econômica do comercio do Centro da capital. 

Além do carnaval, foram suspensos todos os pontos facultativos na capital. 

“Antes mesmo do governador se pronunciar, afirmei que não haveria carnaval. Não terá ponto facultativo.  Chegamos a esse acordo. Se tiver, haveria aglomerações e a pandemia ainda persiste. Se não vai haver carnaval, para que ponto facultativo? É uma determinação, pois se tivermos, poderemos estimular aglomerações e ainda estamos enfrentando uma pandemia”, disse. 

O presidente do Sindlojas, Tertulino Passos, destaca a importância da decisão para o comércio do Centro. 

“Discutimos a questão dos pontos facultativos, principalmente, no período do carnaval. Trouxemos ideias para trabalhar no Centro da cidade. Tivemos uma recepção muito boa por parte do prefeito. Consideramos que foi uma reunião bastante proveitosa e produtiva. Todos os dias de carnaval serão normais. Se a prefeitura não tem ponto facultativo, você tem as atividades funcionando normalmente ”, afirmou.

Tertulino destaca que com o ponto facultativo poderia haver o aumento nos casos de transmissão do coronavírus. 

“O prefeito já declarou que não vai ter ponto facultativo. Na verdade não existe o feriado no carnaval. Não haverá o ponto facultativo. A cidade trabalha normalmente. Trabalhando normalmente temos pontos positivos como da parte econômica em que todas as atividades irão funcionar. E da parte sanitária, não haverá aglomeração em clubes, chácaras em lugar nenhum. As pessoas trabalhando, não conseguem se aglomerar. Não vai aumentar os casos de coronavírus”, disse.

Lídia Brito
[email protected]

Imprimir