Cidadeverde.com
Política

Fábio Abreu se reúne com ministra e estações climatológicas do Piauí serão recuperadas

Imprimir

Foto: Ascom/Parlamentar

O deputado federal Fábio Abreu (PL) apresentou à ministra da Agricultura e Desenvolvimento Agrário, Tereza Cristina, o problema da inoperância de metade das estações climatológicas automáticas do Piauí. Das 30 existentes no Estado, 15 não estão funcionando. A audiência aconteceu de forma virtual e também contou com a participação do diretor do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Miguel Ivan Lacerda. 

A situação impede a geração de dados sobre chuvas, ventos, umidade, temperatura e pressão, afetando diversas áreas. "A agricultura é bastante prejudicada, além das Defesas Civis que precisam dessas informações tanto para atuar em casos de alagamentos como também em incêndios", informou o parlamentar. 

A reunião foi marcada após o pesquisador e professor da Universidade Estadual do Piauí,  Werton Costa, apresentar uma denúncia oficial ao deputado. "Esse problema se arrasta há anos e é resultado da falta de manuntenção em equipamentos, panes elétricas e outros fatores. Sem as informações reais, os computadores generalizam dados prejudicando também o sistema de previsão do tempo. Então, o problema vai mais longe porque teremos, por exemplo, previsões falhas de estiagem em regiões produtivas e isso afeta investimentos nas regiões", detalhou. 

A ministra Tereza Cristina afirmou já ter conhecimento da situação e disse que esse não é um problema isolado do Piauí, mas sugeriu um convênio entre Governo Federal e a  Universidade Estadual do Piauí (Uespi) para solucionar a situação. "Após firmamos o convênio viabilizamos a forma de enviar os recursos para esse serviço de manuntenção", disse. 

O diretor do Inmet, Miguel Lacerda, também anunciou o envio imediato de baterias para recuperar imediatamente o funcionamento de cinco estações. "Podemos capacitar profissionais da Uespi aqui no órgão para que eles realizem esse trabalho e em breve estaremos recuperando todas as estações", acrescentou. 

A partir de agora, o deputado Fábio Abreu e o professor Werton Costa, vão oficializar junto à Uespi a proposta de convênio. "Nós só temos a agradecer à ministra por nos atender e já nos apresentar uma solução para resolver a situação", finalizou Fábio Abreu.

[email protected]

Tags:
Imprimir