Cidadeverde.com
Geral

Strans quer usar tecnologia da PRF para coibir reincidentes no bafômetro

Imprimir

Fotos: Ascom Strans 

O acordo de cooperação técnica entre a Superintendência Municipal de Trânsito de Teresina (Strans) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi renovado na manhã desta quarta-feira(03) em encontro entre os dois superintendentes. O objetivo principal é usar a tecnologia que a PRF dispõe para auxiliar a Strans a identificar condutores reincidentes no teste de alcoolemia e na recuperação de veículos roubados. 

De acordo com o major Cláudio Pessoa, superintendente da Strans, o acordo visa reafirmar a parceria que já existe para fortalecer a fiscalização e a educação no trânsito. 

“Queremos aproveitar a tecnologia, que eles já possuem, para também coibir dentro do nosso município as infrações como também os crimes que por ventura serão flagrados por nossos agentes”, destacou. 

O superintendente da PRF, inspetor Stênio Pires, a parceria gera troca de informações e de recursos que favorecem a retirada dos maus condutores do trânsito. 

“Nosso objetivo tanto da Strans quanto da PRF é tirar de circulação dos maus condutores, que infelizmente a gente tem ainda alguns infratores contumazes, que trazem um risco muito grande aos demais usuários nas nossas vias, seja elas federais, estaduais e municipais e o objetivo é ampliar essa fiscalização, com fiscalizações integradas, trocas de informações cooperação na área de tecnologia, com câmeras, com sistemas de inteligência para retirar esses maus condutores”, afirmou. 

E acrescentou: “Infelizmente, em Teresina e no Piauí ainda têm um dos maiores índices de mortes em acidentes em rodovias do brasil, envolvendo principalmente motocicletas, se compararmos em dados proporcionais, seja população, seja frota”.

 

Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir