Cidadeverde.com
Esporte

River não segurou o placar e permitiu o empate do Barras

Imprimir
A torcida riverina estava animada com o bom desempenho da equipe na partida desta segunda-feira (9) com o Barras no Lindolfo Monteiro. Jogando com muíta raça os comandados de Neto Camarço fizeram logo 1x 0 no primeiro tempo e no comecinho do segundo chegaram a 2 x 0.



Tudo indicava que a primeira vitória no Campeonato seria conquistada, mas logo ficou claro que os jogadores do Ríver não estão em boas condições físicas. Rapidamente o Barras reagiu e assumiu o comando da partida para chegar ao empate de 2 x 2 e criar boas oportunidades até para a virada, que acabou não acontecendo. Lá pelos 40 minutos o tricolor fez duas tentativas e até teve chance de marcar.

Não há mais nenhuma dúvida de que o preparo físico do time do Ríver é deficiente. Não significa que o preparador Nelinho esteja errando no seu trabalho. Pode ser consequência da situação em que os jogadores chegaram a Teresina ou ainda por falta de um comportamento mais profissional.

 Na partida com o Piauí o River esteve regular no primeiro tempo e foi inteiramente dominado no segundo. O mesmo aconteceu nos jogos com o Flamengo e o Barras. Que a comissão técnica riverina observe o desempenho geral do elenco dentro e fora de campo, sob pena de continuar o declínio da equipe nos momentos decisivos dos jogos.

O Barras não fez uma grande partida, mas vale a desculpa de que o gramado do Lindolfo Monteiro tinha muíta água, o que dificultava a prática de um bom futebol. A empresa que fez o serviço de drenagem no Estádio Municipal deve ser chamada pela Prefeitura para prestar contas dos seus serviços. Lá não existe drenagem, o que denunciamos ainda quando estavam "trabalhando". O equipamento foi colocado, mas não funciona. E é para funcionar plenamente.

FICHA TÉCNICA DE RIVER 2 x 2 BARRAS

Local - Lindolfo Monteiro

Árbitro - Antônio Santos.

Auxiliares - Isaura Sousa e João Tiago.

Suplente - Émerson Santos.

Primeiro Tempo - Ríver 1 x 0, gol de Ánderson aos 27 minutos.

Segundo Tempo - Barras 2 x 1, gols de Ánderson(Ríver) aos 5 m, Máiquel(Barras) de pênali aos 12m e Arlindo(Barras) aos 16 min.

Final - Ríver 2 x 2 Barras.

RÍVER - Fágner; Jorginho(Déivisson), Júnior, Carlos Alberto e Hudson; Wellington, Lúcio, Neto e Tiago Dias: Léo Alves(Daniel) e Ánderson(Curiri).

BARRAS - Fábio; Marcos, Michel, Juba e Arlindo; Erivan, Felipe, Josivan(Carlinhos) e Netinho(Paulo Vítor); Júnior Jardel (Rafael) e Máiquel.

Público presente - 809 Torcedores.
Renda - R$ 4.425,00 nas bilheterias, sem o valor da nota fiscal.

 

Clique ► e veja os gols


Dídimo de Castro
[email protected]
Tags:
Imprimir